Santa Casa retomará cirurgias eletivas

0
94

Vereador Marcos Garrido (Patriota) recebeu a informação em resposta a pedido de informação

Em agosto, Araraquara tinha, aproximadamente, 2,5 mil cirurgias eletivas represadas. O retorno desses procedimentos foi cobrado pelo líder do Patriota na Câmara Municipal de Araraquara, vereador Marcos Garrido, por meio do Requerimento nº 916/2021, enviado à Prefeitura no dia 24 de setembro. Em resposta, o governo municipal informou que está em negociação com a Santa Casa para restabelecer as cirurgias eletivas.
No documento parlamentar, Garrido pediu esclarecimentos e informações sobre o retorno das cirurgias eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), relatando reclamações de pacientes “que aguardam há anos, antes da pandemia, para realização de procedimentos cirúrgicos”.
“A situação pandêmica arrefeceu significativamente e não há, em Araraquara, superlotação de leitos hospitalares e nem mais deslocamento de profissionais de saúde para atendimento prioritário em razão da pandemia que justifiquem tal demora. Muitas dessas pessoas são idosas e em situação de extrema vulnerabilidade e não podem mais aguardar”, frisa o vereador.
Em ofício assinado pela secretária interina de Saúde, Talitha Paula Resende Martins, ela informa que o teto destinado atualmente para a Santa Casa de Araraquara consegue financiar apenas as demandas de urgência e emergência. Diante deste cenário, “a Secretaria Municipal de Saúde de Araraquara remanejará recursos para viabilizar o retorno das cirurgias eletivas”, afirma.
No documento, Talitha cita Audiência Pública para apresentação do Orçamento de 2022, realizada no dia 15 de outubro na Câmara Municipal, quando foi anunciado que a Santa Casa de Misericórdia de Araraquara disponibilizaria, no início do mês de novembro de 2021, o quantitativo dos centros cirúrgicos e leitos disponíveis “permitindo aos médicos cirurgiões programarem suas cirurgias eletivas”, pontua.

(Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta