Região do Yolanda Ópice define prioridades no Orçamento Participativo

0
200
Plenária sub-regional foi realizada na noite desta segunda-feira (10) no CER José Pizani


Na noite desta segunda-feira (10), o CER José Pizani, no Yolanda Ópice, sediou mais uma plenária sub-regional do Orçamento Participativo, programa que permite à população escolher os investimentos a serem feitos pela Prefeitura. Dessa vez, a população da Sub-Região 1 da Região 8 (composta pelos bairros Yolanda Ópice, Jardim Araraquara, Jardim das Paineiras, Jardim das Palmeiras, Jardim Florença, Jardim Itália, Jardim Palmares, Jardim Paulista, Jardim Portugal e Jardim Santa Júlia III) elegeu como temas prioritários Obras e Serviços Públicos (37 votos) e Assitência e Desenvolvimento Social (34).

A fase sub-regional do programa aponta quais são os temas prioritários em cada divisão dentro das regiões do OP (Saúde, Educação, Esportes, Cultura, Obras, por exemplo). A votação das obras e dos investimentos específicos a serem executados ocorre nas fases regional e temática.

Essa foi a primeira de três plenárias marcadas para esta semana. Nesta quarta-feira (12), às 19h, a plenária da Sub-Região 2 da Região 8 (Jardim Água Branca, Jardim Eliana, Jardim Higienópolis, Jardim Mangiacapra, Jardim Martinez, Jardim Nova Europa, Jardim Padre Anchieta, Jardim Santa Rosa, Parque Alvorada, Vila Maria Helena e Vila Normandia) terá como sede o CER Amélia Fávero Manini (Rua Atílio Bonetti, 720, Jardim Residencial Água Branca).

Nesta quinta-feira (13), às 19h, o Teatro de Arena (Av. Gil Martinez Perez, s/n, Vila Melhado) receberá a plenária da Sub-Região 3 da Região 8 (Vila Melhado, Vila Suconasa, Vila Nova, Vila Guaianazes, Vila Furlan, Residencial Irmãos Laurini, Distrito Industrial I, Jardim Arangá, Jardim Castelo, Jardim das Gaivotas, Jardim Panorama, Jardim São Jorge e Residencial Antônio Melhado).

O OP 2023 conta com 27 reuniões na fase sub-regional. Depois estão marcadas 11 plenárias regionais e paralelamente acontecem sete plenárias temáticas (Mulheres, População Negra, Pessoa com Deficiência, Juventude, Idosos, LGBTQIA+ e Plenária da Cidade). A última plenária está prevista para 6 de julho. A programação completa é divulgada no site da Prefeitura, em www.araraquara.sp.gov.br.

Orçamento Participativo

O Orçamento Participativo foi uma experiência iniciada de 2001 a 2008, na primeira passagem de Edinho como prefeito, e retomada em 2017. Por causa da pandemia e da impossibilidade de realização das plenárias, o programa não elegeu novas obras em 2020 e 2021. No ano passado, o OP voltou a ser realizado.

Em ação desde 2017, o Orçamento Participativo tem 55 obras eleitas até 2019, com 27 obras entregues, além de 17 obras eleitas em 2022, que entraram no orçamento de 2023. São R$ 43 milhões investidos nas obras e nos programas já concluídos. Considerando as obras sendo executadas e as que serão iniciadas, o investimento por meio do OP chega a R$ 100 milhões.

 
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.