Região do Córrego do Tanquinho passa por desflorestamento

0
119

Vereadora Filipa Brunelli (PT) recebeu relatos de que área em questão vem sofrendo modificações periódicas

Com o passar dos anos, vem acontecendo o desflorestamento gradual na região do Córrego do Tanquinho, no Jardim Roberto Selmi Dei, que já é uma Área de Preservação Permanente (APP), mas que hoje encontra-se em desacordo com a normativa fixada.
Em fiscalização realizada no local com moradores da região, a vereadora Filipa Brunelli (PT) recebeu relatos de que a área em questão vem sofrendo modificações periódicas. “A mata ciliar tem um papel de suma importância para evitar a erosão fluvial, sendo suas raízes responsáveis pela contenção dos locais onde as águas desgastam as bordas que as comprimem. Sem a presença das árvores, são provocados abalos na estrutura superficial, que também foram relatados pelos moradores, que destacam que o volume de água do rio vem diminuindo e se estreitando”, argumenta a parlamentar na Indicação nº 4.557/2021, enviada à Prefeitura no dia 15 de outubro.
No documento, Filipa indica, com urgência, o plantio de árvores nativas na APP onde se localiza o Córrego Tanquinho.

(Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta