Proposta visa permitir pets nos parques públicos

0
88
Foto: RCIAraraquara

Iniciativa de Fabi Virgílio (PT), Emanoel Sponton (Progressistas) e Luna Meyer (PDT) propõe alteração no Código de Posturas do Município

Permitir a presença de animais domésticos nos parques públicos. Esta é a proposta dos vereadores Fabi Virgílio (PT), Emanoel Sponton (Progressistas) e Luna Meyer (PDT), enviada à Prefeitura na quarta-feira (29), por meio da Indicação nº 4275/2021. A medida visa alterar o artigo 69 da Lei Complementar nº 18/1997, que Institui o Código de Posturas do Município de Araraquara, que proíbe a permanência de animais nos espaços públicos. No mesmo dia, os vereadores protocolaram outros três documentos com solicitações de melhorias para os frequentadores de parques e praças municipais.
Sobre os pets nos espaços públicos, a ideia dos parlamentares é acrescentar um artigo ao Código de Posturas, “com o intuito de deixar de forma expressa a permanência de animais nos parques, desde que se cumpram alguns requisitos, dentre eles: o acompanhamento por seus responsáveis e a responsabilidade dos tutores pela limpeza”, afirmam no documento.
Os vereadores também sugeriram, ao Poder Executivo, a criação de “cachorródromos” nos parques municipais. Na Indicação nº 4276/2021, os parlamentares enfatizam a necessidade de socialização dos animais e explicam o objetivo da proposta: “Seria um espaço cercado, onde os donos podem deixar seus animais correrem e brincarem, sem coleiras e sem os seus guias, com o único objetivo de socializarem com outros cachorros, além de colaborarem para saúde do animal.”

CICLOVIAS E LIXEIRAS
O fluxo de bicicletas em Araraquara tem aumentado durante a pandemia. Na Indicação nº 4278/2021, os vereadores Fabi Virgílio, Emanoel Sponton e Luna Meyer sugerem a criação de uma ciclofaixa no Parque Botânico e ainda questionam sobre a existência de estudo para criação de uma ciclovia, ligando o parque ao Distrito de Bueno de Andrada, destino comum de muitos ciclistas.
Para os parlamentares, “a criação de uma ciclofaixa no Parque Botânico tem como um dos propósitos incentivar o uso da bicicleta, que vem ganhando espaço na sociedade, bem como dar segurança aos pedestres e ciclistas do parque”, justificam.
Já, na Indicação nº 4277/2021, os vereadores pedem atenção para instalação de lixeiras no Parque Botânico e nos demais parques e praças municipais. “Por muitas vezes, o lixo produzido pela população é descartado durante o trajeto no parque por inexistir cestos de lixos. A ausência deste equipamento dificulta a higiene e a limpeza do local”, apontam. (Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta