Professor de Medicina da Uniara fala sobre problemas respiratórios em períodos de tempo seco

0
224
Foto: Arquivo pessoal

Flávio Ferlin Arbex dá orientações para manter o ambiente mais úmido

Não é segredo que, em período de tempo seco, os problemas respiratórios aumentam. O professor do curso de Medicina da Universidade de Araraquara – Uniara, Flávio Ferlin Arbex, fala sobre a questão e dá orientações para que o ambiente fique mais úmido.
“O que sabemos é que todo problema respiratório – e até alguns cardiovasculares – podem piorar com o tempo seco, principalmente nesta época de queimada. Isso vai desde uma doença crônica que está controlada e pode se descontrolar, como uma rinite atacada, até uma crise de broncoespasmo grave. A gravidade pode variar bastante, dependendo do quadro crônico que a pessoa tem”, explica Arbex.
Sua recomendação, neste tempo seco, “é aumentar a ingestão hídrica e deixar o paciente bastante hidratado”. “Para os ambientes, orienta-se fechar a janela e colocar toalha úmida nela, ou colocar um balde ou bacia com água no recinto, ou ainda um umidificador, com a certeza de que ele esteja bem limpo para não espalhar sujeira pelo ar. São opções muito boas para se deixar o ambiente mais úmido”, diz.
Em relação à prevenção, as indicações de Arbex são: evitar queimadas; lavar a roupa que ficou muito tempo guardada, cheia de poeira, antes de usá-la; manter-se com a vacinação atualizada; evitar fumar, e manter o controle de doenças crônicas. “Também orientamos que, devido às fuligens que chegam por conta das queimadas, é importante manter a casa bem limpa e, para isso, é recomendado passar pano úmido, pois o seco espalha a poeira para o alto”, esclarece.
O professor aproveita para mencionar que, com o uso de máscaras devido à pandemia de coronavírus – Covid-19, “o que vemos é que as outras infecções respiratórias, muito comuns no inverno e no tempo seco, diminuíram bastante”. “O vírus que mais circula é o coronavírus e, pelo fato de as pessoas usarem máscaras, vimos diminuir a transmissão de outros vírus, como o do resfriado, e até do próprio influenza”, comenta.
Entretanto, não se deve usar máscara umedecida para respirar melhor no tempo seco. “Não é adequado porque pode-se atrapalhar a função de barreira que ela tem”, finaliza Arbex.
Informações sobre o curso de Medicina da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88. (Assessoria de Imprensa – [email protected])

 

Deixe uma resposta