Prefeitura promove ação educativa de combate à dengue na região central de Araraquara

0
95

A atividade será realizada na praça em frente à Igreja Santa Cruz nos dias 20 e 21 de dezembro

A Prefeitura, por meio da Coordenadoria de Vigilância em Saúde e Gerência de Controle de Vetores, com apoio da Secretaria Municipal de Comunicação, realiza, nos dias 20 e 21 de dezembro, das 18h às 21h, na praça em frente à Igreja Santa Cruz, uma ação educativa de conscientização de combate ao mosquito Aedes aegypti.
O objetivo é apresentar ao público, de forma interativa, a estrutura de combate à dengue oferecida pelo Município, além de orientar e reforçar as ações de prevenção da proliferação do Aedes, transmissor de diversas doenças.

No local estarão expostos os maquinários utilizados nas vistorias em busca pelos mosquitos, assim como as armadilhas utilizadas pelo programa Mi-Aedes, que monitora pontos estratégicos da cidade para o acompanhamento da proliferação do Aedes.
Além da exposição da estrutura de combate à dengue, os servidores da Coordenadoria de Vigilância em Saúde apresentarão à população uma maquete interativa chamada “pesca-larva”, que simula situações do dia-a-dia que podem gerar criadouros de mosquitos em residências, além de explicarem sobre o ciclo de proliferação do Aedes.
As equipes de Controle da Fauna Sinantrópica também participarão da atividade educativa, reforçando os cuidados que a população deve ter com animais peçonhentos, como escorpiões e aranhas.
Será aplicado ao público presente um “Quiz” sobre as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes, como a dengue e a chikungunya, além de aplicação de pesquisa sobre as principais dúvidas que a população ainda possui sobre o assunto.
O personagem “mosquitão da dengue” e os agentes de combate a endemias estarão nas ruas Nove de Julho (Rua 2) e São Bento (Rua 3) panfletando e orientando sobre os cuidados específicos para o final de ano e período de férias. Também haverá veiculação de carro de som reforçando as orientações para eliminar água parada e criadouros do mosquito.
Para o coordenador de Vigilância em Saúde, Rodrigo Contrera Ramos, é de extrema importância reforçar à população os cuidados para eliminação de água parada neste período do ano.
“Com a chegada das festas de final de ano e férias, muitas famílias programam viagens e deixam a casa fechada por muito tempo sem se atentarem em eliminar possíveis criadouros do Aedes antes de viajarem. Por isso é necessário reforçar os cuidados dentro de casa, pois cerca de 80% dos criadouros do mosquito estão em residências habitadas”, disse o coordenador.
Rodrigo ainda fala com preocupação sobre o retorno da transmissão de chikungunya em Araraquara. Dois casos da doença foram registrados na cidade, um em setembro e outro em outubro de 2021, e, com a alta proliferação de mosquitos, a doença pode voltar a circular com maior intensidade.
“Devido aos registros de novos casos de chikungunya na cidade, e alerta de surtos da doença no estado de São Paulo e no País, é de extrema importância diminuir o índice de infestação de mosquitos em Araraquara, pois, se houver pessoas infectadas com a doença, haverá a transmissão dela pelo Aedes. Hoje, cerca de 35% da área urbana da cidade possuem incidência do Aedes. O trabalho da Prefeitura e a colaboração da população são indispensáveis para diminuir a proliferação do mosquito”, reforça Rodrigo.
A ação educativa seguirá todos os protocolos de segurança sanitárias para evitar a transmissão da Covid-19 e será realizada na próxima semana, nos dias 20 e 21 de dezembro (segunda e terça-feira), na praça em frente à Santa Cruz, das 18h às 21h.

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta