Prefeitura elimina mais de 50 focos de dengue em imóvel no Carmo

0
585
Equipe da Vigilância Epidemiológica precisou do apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal para realizar seu trabalho
 

Nesta sexta-feira (25), a equipe de controle de endemias, da Vigilância Epidemiológica, realizou uma ação não programada no bairro do Carmo, onde o supervisor responsável por atendimentos à reclamações esteve em um imóvel onde foram encontrados cerca de 50 focos instalados com larvas e pupas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e outras doenças como zika, chikungunya e febre amarela.

O morador resistiu à eliminação dos focos e foi preciso acionar apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal. Na segunda-feira (28), será realizada uma nova vistoria ao local.

Vale destacar que 80% dos criadouros de dengue estão nas residências. Em média, são visitadas 30 mil casas por mês pelas equipes da Prefeitura. Em metade delas o trabalho não é concluído por falta de autorização para a entrada. As equipes inclusive fazem horário estendido (noturno) e plantões aos sábados na tentativa de minimizar essa questão.

 
Alessandra Cristina do Nascimento, gerente de Controle de Vetores, destaca a importância da conscientização das pessoas na guerra contra a epidemia. “Precisamos nos unir nessa luta. Essa batalha somente será vencida se cada um fizer a sua parte. Temos encontrado muitos problemas, por isso pedimos a colaboração da população. Dedique um tempo do seu dia para verificar seu imóvel e eliminar possíveis criadouros”, destaca.

O descarte irregular de lixo, resíduos sólidos, volumosos (sofás, poltronas e colchões) e queimadas em área urbana e rural causam danos à saúde e ao meio ambiente. A denúncia aos órgãos oficiais pode ser feita pelo telefone 0800 770 1595.

Palestras educativas

Também nesta sexta, foram realizadas duas palestras educativas no Instituto Eurípedes, no Águas do Paiol, onde a equipe do Informando, Educando e Comunicando (IEC) falou da importância da prevenção à dengue para crianças e jovens.

Números atualizados

O balanço divulgado pela Vigilância nesta sexta-feira, 25 de março, aponta que Araraquara atingiu a marca de 1.572 casos confirmados de dengue em 2022. Foram 138 casos em janeiro, 636 casos em fevereiro e 798 em março.

Os sintomas de dengue são febre, dor no corpo, dor de cabeça, dor atrás dos olhos e manchas pelo corpo. No momento em que o paciente procurar o atendimento, ele deve levar RG, Cartão SUS e um comprovante de endereço com CEP.

 

 

_____________________________________________________________________
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

CONTATO
Telefone: (16) 3301-5000 – ramais: 5237/5124/5284/5063
Rua São Bento, 840 – 4º andar – Centro
Araraquara – SP – Cep: 14.801-300

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.