Precatórios de Professores

São mais de 900 professores que esperam pelo pagamento justo do adicional de horas extras reconhecida pela Justiça do Trabalho. O Sismar já protocolou pedido de providências na Justiça e está preparando representação ao Ministério Público Estadual.

A Prefeitura de Araraquara ainda não comprovou, nos autos da Ação Coletiva proposta pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região, nem o pagamento e nem o parcelamento dos precatórios dos professores cujos créditos são devidos por conta do reconhecimento da “carga suplementar” como horas extras.

EXPLICAÇÃO

Prefeitura informa 2ª Vara da Justiça do Trabalho e SISMAR que aderiu ao Regime Especial de Precatórios (TJ-SP) e que pretende parcelar o pagamento dos quase R$ 20 milhões devidos.

Professores fizeram horas extras entre 2003 e 2011 e não receberam o adicional legal de 50%. (Extraído da fala de Raphael Pena)

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Escola do Legislativo da Câmara promove curso sobre TDAH

O Brasil na crise do clima

A vida é assim mesmo

Biden joga a toalha. Recomeça a corrida presidencial nos EUA

Forme-se em Inteligência Artificial

CATEGORIAS