Poesia para as crianças do Projeto Família na Escola

Sarah Coelho Silva (*)

Estas crianças espertas, sabidas, atentas, curiosas, na expectativa de um grande espetáculo.

Pois a orquestra, regida pelas mãos soltas de Sandra Salin, deixou-as mais calmas e cheias de sonhos e esperanças de realizar em seu futuro bem próximo, grandes realizações.

A música segundo a regente, nos eleva, fazendo enxergar a vida de uma forma rica e exultante.

Quando as coisas começam a ficar muito secas, frias, desanimadas, surge a música, que é tudo, inclusive para refazer a nossa energia.

É como a água regando uma plantinha sedenta.

Crianças que procuram manusear com a agulha, fazendo o fuxico com a coordenação e boa vontade da prestigiosa e dedicada Benedita Vaz Cristensen (carinhosamente, Benê), transmite às crianças sua sensatez, calma, conseguindo momentos mágicos, transmitindo sua tranqüilidade contagiante.

A Raquel Rodrigues Rabello, única jovem universitária da Unip,

Que passa seu fim de semana dedicando-se com enorme responsabilidade,

Sempre atenta, com muita calma e tranqüilidade.

Mas também com segurança e o doce domínio dirigindo

A todos na hora do esporte e do corre-corre para todos os lados.

O pastor Nilson Eli Rabello, da 4ª Igreja Batista do Jardim Eliana, também com o maior espírito de fé veio participar

Do grande projeto, trazendo para as nossas crianças palavras sagradas e uma oração que tocou o coração de todos que silensiosamente entraram em sintonia com nosso Deus Pai.

Sobre os olhares atentos de Stela Maris Delbon Silva,

As crianças já conhecem a sua grande dedicação e intensa afeição.

Stela desde cedinho, acompanha a todos em seus trabalhos e brincadeiras sempre atenta com muita dedicação.

Sentimos, todos nós que participamos deste maravilhoso projeto, como que restaurando nosso coração, histórias e épocas vividas em nossa infância querida.

Pois conviver com crianças é estar aprendendo, crescendo, revivendo nossos dias de magna esperança, cheias de energia e alegria.

Peço hoje a nosso Deus Pai que cuide dos nossos filhos que já não estão sob nossos cuidados.

(*) Colaboradora do JA.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A força e união do agro

Os riscos e a falta de regulamentação do uso de dados genéticos de pacientes por operadoras de saúde

Por que temos de sofrer as consequências do pecado de Adão e Eva?

Governar com economia e sem aumentar impostos

Cidade: berço de soluções

CATEGORIAS