Papa não deixou testamento

AP-AE

O papa João Paulo II não deixou um documento com seus desejos finais, informou hoje o porta-voz Joaquin Navarro-Valls. O anúncio foi feito após a primeira das duas reuniões dos cardeais realizadas hoje. Os cardeais, ou príncipes da Igreja, chegam a Roma para, dentro de cerca de duas semanas, iniciar a eleição do próximo pontífice. A primeira reunião foi aberta com o juramento de segredo, tradição reforçada pelo próprio João Paulo II, em normas baixadas em 1996. Na segunda reunião, os cardeais decidiram os detalhes do funeral do papa, segundo Navarro-Valls. Não está claro se outras questões foram tratadas. Há, no momento, 65 cardeais em Roma. Os demais encontram-se a caminho.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Escola do Legislativo da Câmara promove curso sobre TDAH

O Brasil na crise do clima

A vida é assim mesmo

Biden joga a toalha. Recomeça a corrida presidencial nos EUA

Forme-se em Inteligência Artificial

CATEGORIAS