Mudanças no Colégio Progresso

0
232

Luigi Polezze

Tendo em vista a retirada das heras no muro do Colégio Progresso e o número de comentários que chegou ao J.A., a reportagem realizou uma entrevista com a diretora, Leliana Serafim, em busca de maiores informações:

“O Colégio Progresso se preocupa com o aspecto pedagógico, emocional e com a segurança. É o tripé que faz o trabalho ser bem desenvolvido aqui. Pensando na instabilidade das famílias nesse momento, estamos fazendo algumas adequações. Colocamos mais um segurança na entrada e estamos aumentando a altura do muro em alguns lugares onde ele era mais baixo. Para realizar essa modificação, precisamos mudar algumas coisas, pois não era possível erguer o muro sem a retirada da hera. Sem contar com outras novidades que virão por aí, tudo com o tempo e sempre buscando o que é melhor para nossos alunos.

Com relação ao muro da frente do Progresso, precisamos de autorização para mexer nele primeiro. Como o prédio é tombado, qualquer alteração envolve burocracia e autorização de órgão público. Foi necessário obter autorização para mudar as cores da escola, por exemplo.

Sobre o futuro, muito provavelmente não iremos replantar a hera, pois a planta pode infiltrar-se no muro e torná-lo instável. Pensando na segurança, não devemos plantar novamente, mas isso não significa que o Progresso não se preocupa com o meio ambiente: cuidamos do Ipê quando algumas pessoas, inclusive o poder público, queriam que o cortássemos; quando a mangueira do pátio havia alcançado o fim de sua vida útil, nós a imortalizamos construindo um quiosque ao seu redor e plantamos outra mangueira; todos os canteiros são verdes e bem cuidados. Nós sempre valorizamos e continuaremos a cuidar do meio ambiente.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.