Monitoramento do coronavírus na rede de esgoto de Araraquara apresenta primeiros resultados

0
47

Estudo é realizado pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp em parceria com Prefeitura e Daae; material é coletado em cerca de 50 pontos pela cidade

O monitoramento da presença do novo coronavírus (Sars-CoV-2, causador da doença Covid-19) em Araraquara por meio da rede de esgoto apresentou os primeiros resultados. O estudo é realizado pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp Araraquara, em parceria com a Prefeitura e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos).
Por meio do monitoramento, cerca de 50 poços de visitas (PVs) das redes de esgoto de toda a área urbana de Araraquara têm material semanalmente coletado e levado para análise do Laboratório de Saúde Pública da Unesp, que detecta se o vírus da Covid-19 está presente naquela região ou não. Além desses pontos, também é coletado material das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) de Araraquara e do distrito de Bueno de Andrada.
No último levantamento (11 a 17 de julho), 35 PVs apresentaram resultado positivo para o vírus, 18 tiveram resultado inconclusivo — podendo, ou não, ter presença do vírus — e nenhum teve resultado negativo.
“Uma pessoa infectada pela Covid-19 elimina o vírus pelas fezes do 3º dia de infecção até o 21º dia. Ou seja, são 18 dias produzindo e eliminando o Sars-CoV-2”, explica Adriano Mondini, coordenador do estudo e professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp Araraquara.
As coletas na rede de esgoto começaram em maio. Após a retirada do material dos pontos de visitação, a amostra é refrigerada e passa por um processo técnico de ajuste de pH, filtração e extração de RNA (ácido ribonucleico) para, posteriormente, ser feita a análise e detecção de genes do Sars-CoV-2.
Para a secretária de Saúde, Eliana Honain, o monitoramento em parceria com Unesp e Daae é importante para auxiliar a Vigilância em Saúde na busca ativa de casos assintomáticos, com ampliação da testagem de forma regionalizada.
“É mais um dado importante, com as regiões que possuem casos positivados e pessoas transmitindo a Covid-19. Isso contribui para o controle da pandemia no município e no monitoramento das nossas ações, inclusive na busca de casos assintomáticos”, explica a secretária. (Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta