Mestranda da Uniara estuda a atuação de docentes e monitores em relação a alunos com deficiência intelectual

0
23
Foto: arquivo de Mônica Martins

Trabalho orientado pela professora Maria Lúcia Oliveira Suzigan Dragone foi premiado no XVI CIC da universidade

A aluna do Programa de Pós-Graduação em Processos de Ensino, Gestão e Inovação – Mestrado em Educação – da Universidade de Araraquara – Uniara, Mônica Menin Martins, teve seu trabalho premiado, pela relevância social do tema, no XVI Congresso de Iniciação Científica – CIC da instituição, realizado entre os dias 22 e 26 de novembro de 2021. A pesquisa é orientada pela professora Maria Lúcia Oliveira Suzigan Dragone.

O trabalho tem como título “Aluno com deficiência intelectual em sala de aula: responsabilidades e interações entre professor e monitor”. “Minha pesquisa, já qualificada com defesa agendada para fevereiro, tem como tema a atuação de professores e profissionais de apoio – monitores – em sala de aula, acompanhando alunos com deficiência intelectual. Os dados foram obtidos por questionário virtual e os resultados apontaram dificuldades dos professores em atenderem as necessidades desses estudantes, relacionadas à falta de formação específica e a salas de aulas com muitos alunos, entre outros detalhes”, relata Mônica.

Ela conta que, com os dados adquiridos, a intenção é “contribuir para orientações específicas aos participantes da pesquisa, atuantes em uma rede municipal de ensino do interior do estado de São Paulo, visando a aprimorar suas interações com alunos incluídos em suas salas de aula”. “Também espera-se que questionários como o elaborado possam ser reproduzidos em outras instituições de ensino, para se buscar compreender melhor as necessidades de professores e monitores e contribuir com melhorias no trabalho com estudantes que tenham necessidades especiais”, completa. (Assessoria de Imprensa – [email protected])

Deixe uma resposta