Mês do Uso Racional de Medicamento: população idosa precisa estar atenta

0
255
Dra. Maria Carolyna Fonseca Batista Arbex

A geriatra especialista em cuidados paliativos Dra. Maria Carolyna Fonseca Batista Arbex alerta para os riscos do abuso medicamentoso

Celebrado anualmente em maio, o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos busca conscientizar a população sobre a importância de utilizar remédios de maneira adequada e responsável. Neste contexto, a geriatra especialista em cuidados paliativos Dra. Maria Carolyna Fonseca Batista Arbex alerta ser fundamental estar atento a população idosa.

“As pessoas mais velhas enfrentam desafios específicos relacionados ao uso de medicamentos, portanto, a ingestão indiscriminada de remédios por essa parte da sociedade pode acarretar diversos riscos à saúde, incluindo reações adversas, interações medicamentosas e até mesmo quadros de intoxicação”, diz Dra. Maria Carolyna.

A especialista também explica que com o avanço da idade, é comum que os idosos tenham um número maior de condições que afetam sua saúde, o que, consequentemente, resulta na prescrição de múltiplos medicamentos, uma situação conhecida como polifarmácia.

O excesso de remédios pode ser necessário, mas também trazer malefícios, daí a importância de sempre contar com a supervisão adequada. “A polifarmácia requer uma abordagem cuidadosa e individualizada, levando em consideração os aspectos de saúde específicos de cada pessoa. É essencial promover o uso racional de medicamentos, buscando sempre a eficácia terapêutica, com o menor risco possível para o paciente”, diz Arbex.

Em uma data tão importante, Dra. Maria Carolyna enfatiza que todos devem se conscientizar e divulgar as informações necessárias para garantir a segurança e o bem-estar daqueles que precisam tomar múltiplos medicamentos, em especial as pessoas idosas. Dessa forma, se contribui não apenas para a manutenção da qualidade de vida, mas também com um envelhecimento saudável e ativo.

Quem é Dra. Maria Carolyna Fonseca Batista Arbex?

Formada em Medicina pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP -Universidade Federal de São Paulo), especialista em Geriatria pela UNIFESP e SBGG (Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia), mestre em Ciências da Tecnologia e Atenção à Saúde pela UNIFESP e especialista em Cuidados Paliativos pela Organização Latinoamerica Pallium e Universidad Del Salvador. É médica assistente do Ambulatório de Memória e Geriatria da Universidade de Araraquara (Uniara).

(Assessoria de Imprensa – BRADO Comunicação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.