Meio Ambiente instala comedouro para aves no CER Leonor Mendes de Barros

0
169

A iniciativa integra o projeto “Biodiversidade no Parque” e visa atrair novas espécies de aves

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade inaugurou na manhã desta quarta-feira (20), o Comedouro para aves no CER Leonor Mendes de Barros. A ação conta com a parceria da Secretaria Municipal da Educação, do Daae, da associação “Amigos do Parque Infantil”, do varejão “Passarinho” e faz parte do projeto “Biodiversidade no Parque”, que visa atrair novas espécies de aves para o local.

O secretário Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani, aproveitou a oportunidade para agradecer os parceiros que possibilitaram a implantação do projeto. “Agradeço a Secretaria Municipal da Educação que abriu o CER para iniciativa, o Daae que confeccionou o comedouro com madeira de demolição, a associação “Amigos do Parque Infantil” que vai ajudar a divulgar o projeto e varejão Passarinho que irá fornecer as frutas e a placa de identificação”.

O gerente de Áreas de Proteção Ambiental, João Henrique Barbosa, explica que além de atrair novas espécies de aves, o projeto tem o importante papel da educação ambiental dos alunos do CER. “Sensibilizar as crianças para a questão ambiental e colocá-las em contato com esses animais silvestres é essencial para que elas entendam a importância da biodiversidade para todos nós”.

Segundo ele, a atração de novas espécies de aves ao local pode ajudar a resolver um antigo problema do Parque Infantil, que é a superpopulação de pombas avoantes. “Se você tiver outras aves residentes, elas vão competir por espaço e vai gerar uma melhor organização e harmonização entre as espécies que temos aqui, reduzindo o número de pombos de forma gradual”.

João reforça que a presença em excesso de pombos no local é resultado de um processo histórico de desmatamento da vegetação nativa. “Durante muitos anos, principalmente nas décadas de 50 à 70, o interior de São Paulo passou por uma grande modificação, houve a substituição da vegetação nativa pelas grandes monoculturas o que provocou quase que a perda total do nosso Cerrado e das áreas de Mata Atlântica do nosso município, ficamos com apenas 5% de cobertura vegetal nativa”.

De acordo com o gerente, outras ações estão sendo realizadas para minimizar os prejuízos da presença dos pombos no local. “Estamos realizando a limpeza das fezes, plantando frutíferas para atrair outras espécies de maneira perene, trabalhando para regulamentação da lei que proíbe a alimentação de pombos, além é claro de trabalhar na restauração dos nossos remanescentes florestais”.

A diretora do CER Leonor Mendes de Barros, Sandra Aparecida De Paula Silva, afirma que as crianças se envolveram e ficaram muito empolgadas com a iniciativa. “Elas se mostraram muito felizes por fazer parte do projeto, por cuidar do meio ambiente, por tratar dos animais, por pensar na natureza, eles estão bem animados, esse projeto só vem agregar a todo conhecimento e toda aprendizagem dos nossos alunos”.

Ela salienta que o projeto é de grande importância por tratar dessa questão ambiental com as crianças. “As crianças poderão entender melhor a importância de cuidar de todas as espécies e vão acabar levando essa conscientização para as famílias”, concluiu.

 

 

__________________________________________________________________
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

CONTATO
Telefone: (16) 3301-5000 – ramais: 5237/5124/5284/5063
Rua São Bento, 840 – 4º andar – Centro
Araraquara – SP – Cep: 14.801-300

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.