Locomotiva encerra Ladies CUP já com foco em 2022

0
181
Fotos: Tiago Pavini/Ferroviária SA

Roberta Batista avalia participação da equipe no torneio internacional e diz esperar melhor temporada no ano que vem

As Guerreiras Grenás encerraram a temporada 2021 na quinta-feira (16), após o empate sem gols com o América de Cali (Colômbia), pela última rodada da primeira fase da Brasil Ladies Cup, disputada por oito equipes em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo.
Mesmo com toda a força no futebol feminino brasileiro e sul-americano, e criando várias oportunidades de gols, principalmente nas derrotas contra o São Paulo (1 a 0) e Internacional (2 a 0), a equipe somou um empate e duas derrotas, sofreu três gols e não marcou nenhum nas três rodadas do novo torneio internacional.
Para a técnica da Locomotiva, Roberta Batista, o cansaço físico e mental interferiu diretamente no empenho da equipe nesta competição, após uma temporada em que também disputou duas Libertadores da América, o Campeonato Brasileiro e o Paulista.
“As meninas estavam no limite de uma temporada bastante desgastante, com pouco tempo de recuperação. Não é apenas cansaço físico, é também mental. Mas elas foram no limite e deram o máximo”, afirma a treinadora.
Roberta elogiou a realização da Ladies CUP e disse esperar uma temporada melhor em 2022, mesmo com a saída de algumas atletas e a chegada de outras.
Em 2022, as Guerreiras Grenás disputarão o Campeonato Brasileiro, Campeonato Paulista e a Copa Libertadores da América, esta pela quarta vez consecutiva.

Aquisições
A zagueira Camila Silva, de 21 anos, vinda do Avaí/Kindermann, é uma das contratadas da Ferroviária para os dois próximos anos. Natural de Campinas, a atleta tem passagens por Vasco da Gama, Guarani e Ponte Preta de Campinas, Osasco Audax e Palmeiras, além do Avaí Kindermann.
Antes de Camila, a Ferroviária havia anunciado a meia paraguaia Fany Gauto, que disputou a última Libertadores da América pelo Independiente Santa Fé-COL, o vice-campeão desse torneio.
Fany tem 29 anos, é natural de Villa del Rosário, no Paraguai, e também já defendeu vários clubes, como Olimpia-PAR, Maccabi Holon-ISR, Universidade Autónoma-PAR, Sportivo Luqueño-PAR, Cúcuta Deportivo-COL, Atlético Huila-COL, campeão da Libertadores em 2018, e Independiente Santa Fé-COL.

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta