Laudos de 2019 já apontavam necessidade de reforma em viadutos de Araraquara

0
405
Documentos foram apresentados após requerimento do vereador Lineu Carlos de Assis (Podemos)

“Estrutura enferrujada, rachaduras e infiltrações, infelizmente, são comuns nos viadutos de Araraquara.” Em dezembro, o vereador Lineu Carlos de Assis (Podemos) apontou a necessidade de inspeções periódicas e manutenções constantes para a segurança da população. No Requerimento nº 1.215/2021, o parlamentar cobrou tanto a realização quanto o envio de laudos técnicos de vistoria dos viadutos Leonardo Barbieri (Pontilhão da Barroso) e Raphael Barbieri (Pontilhão da 22 de Agosto) e dos pontilhões da Alameda Paulista e da Avenida Santo Antônio.

“A população está com medo e com razão. As estruturas são antigas, estão sem manutenção e não oferecem segurança”, frisa Assis. No dia 23 de fevereiro, a Prefeitura enviou resposta, com documentos sobre as vistorias realizadas em 2019 nos viadutos Leonardo Barbieri e Raphael Barbieri, pela empresa Dificali, de São Carlos. Não foram enviadas quaisquer informações sobre os demais pontilhões citados pelo vereador.

As conclusões sobre os dois viadutos apontam a necessidade de adequações à norma vigente, a NBR 7.187/2003.

“Nos pontilhões da Barroso e da 22 de agosto, técnicos responsáveis pelo laudo observaram diversos problemas a serem resolvidos, como desplacamento de concreto nos pilares e no passeio, infiltração na viga principal e na face inferior do tabuleiro, dilatação e calombos no passeio do tabuleiro, juntas de dilatação deterioradas e danificadas, fissuras e desnível na calçada, guarda corpo com corrosão, descolando e com mureta de fixação rompida, caixa de instalação elétrica exposta no pavimento, armadura exposta, vegetação nascendo dentro de junta de dilatação, muro de arrimo com saídas de água e muro de alvenaria com desplacamento”, identificou o parlamentar nos laudos enviados.

Assis enfatiza que “após a identificação das patologias, os laudos de 2019 indicavam a necessidade de mais de 40 ações de melhorias e reparos em cada um dos viadutos ‘com o intuito de aumentar a durabilidade e a proteção da estrutura'”.

“Para ambos os pontilhões foi recomendada a execução de serviços em duas etapas, sendo a etapa 1 a correção das patologias indicadas e a etapa 2 a execução de projeto estrutural de adequação à norma NBR 7.187/2003”, observa o vereador.

Para o parlamentar, os laudos são claros ao revelar os riscos das estruturas e as medidas necessárias para uma intervenção emergencial. Assis cobra agora uma resposta da Prefeitura.

“Lamentavelmente, os que transitam nestes viadutos estão expostos aos riscos de acidentes, semelhante ao fato do desabamento ocorrido em São Paulo. Estou preocupado com a segurança e estranha-se a Prefeitura ter conhecimento da situação por meio de um laudo técnico de engenharia desde 2019 e até o momento não ter tomado as devidas providência sugeridas. Além disso, ainda faltam os laudos referentes aos viadutos Luiz Alberto/Alameda Paulista e da Avenida São Paulo/Santo Antônio”, finaliza o vereador.

(Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.