Jovens oriundos de orfanatos precisam de abrigamento e auxílio

0
44

Lei foi indicada pelo vereador Aluisio Boi

O presidente da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Aluisio Boi (MDB), encaminhou, na segunda-feira (8), a Indicação nº 4877/2021, solicitando ao Poder Executivo a criação de uma lei municipal instituindo um programa de acolhimento a jovens entre 18 e 21 anos, de ambos os sexos, oriundos dos orfanatos de Araraquara, além de auxílio financeiro, nesse período, por meio do projeto Filhos do Sol.
O parlamentar argumenta que a Vara da Infância e Juventude e do Idoso da Comarca de Araraquara está preocupada com uma situação bastante delicada envolvendo jovens de 18 anos, que deixam o acolhimento de orfanatos. Quando não adotados, muitos homens e mulheres não têm para onde ir ao completarem a maioridade. Além disso, em muitos casos, eles não tem um ofício ou condições de se manterem até conseguirem uma ocupação.
“Conversei com o Dr. Marco Aurélio Bortolin, juiz titular da Vara da Infância e Juventude e do Idoso, e ele também considera que essa é uma dura realidade e um problema social grave se instala quando esse fato acontece, ainda que se trate de um ou dois casos por ano”, ressaltou Boi, frisando que “os jovens devem ser protegidos, encaminhados para a vida e integrados à sociedade”.
Resumindo, os jovens entre 18 e 21 anos, oriundos dos orfanatos de Araraquara, teriam uma moradia social e um auxílio financeiro, até completarem os 21 anos.
O parlamentar sugere ainda estudos para a implementação de convênios com entidades de classe, como ACIA e Sincomércio, para uma colocação dos ex-abrigados no mercado de trabalho. A citada lei teria efeitos até que os jovens completem 21 anos ou até conseguirem um emprego para sua subsistência. (Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta