JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

Teste o seu Português (569)

Prof.ª Dr.ª Terezinha Bellote Chaman (*)

Há um ano... partia nosso Santinho!

Já na terra, um sabor de paraíso...

"A santidade constrói-se no tempo. Ninguém conhece a própria santidade, nem muitas vezes a dos outros, enquanto estiver em vida. Somente quando a alma completou o seu percurso é que revela ao mundo o desígnio que DEUS tinha sobre ela." (LUBICH, 1972, p. 93).

A morte é mesmo um ladrão. Todos sabíamos que Pe. Antônio Desan, tal qual uma vela, estava se apagando devagarinho. Mas a notícia de sua partida não queríamos ouvir. Mas ela se fez. Partiu, conversando anjos que ninguém conversa, como diria Drummond.

Invariavelmente, quando encontrávamos Pe. Antônio, eu tinha a mania de chamá-lo "nosso santinho". Ao que ele sempre respondia: "Eu, santinho... santinho só se for do pau-oco."

Mas, se até então ele não se achava santo, agora, toda a comunidade de N. Sr.ª das Graças / das Dores o consideramos. Assim, estando ele ao lado de DEUS intercederá por todos aqueles que o amavam, aqui na terra.

Tudo já foi dito sobre Pe. Antônio. Por esse motivo, dou voz a Lubich (1972, p. 67 - 68):

Lançados ao infinito...

Os santos são gigantes

que, vista no Senhor

a própria grandeza,

por DEUS arriscam, como filhos dignos,

tudo o que possuem.

Dão sem pretender.

Dão a vida, a alma, a alegria,

todos os laços terrenos, toda a riqueza.

Livres e sós,

lançados ao infinito,

aguardam que o Amor os introduza

no Reino eterno. Mas, já nesta vida

sentem encher-se de amor o coração,

do vero amor, do único amor

que sacia, que consola;

daquele amor

que fere as pálpebras da alma

e doa lágrimas novas.

Ah! Homem algum sabe o que é um santo.

Deu e agora recebe;

e um fluxo incessante

passa entre Céu e terra,

liga a terra ao Céu,

manando dos abismos

inebriante seiva celeste,

que não para no santo,

mas passa sobre os cansados,

sobre os mortais,

sobre os cegos e paralíticos de alma,

e rompe, e orvalha,

e alivia, e atrai, e salva.

Se, queres saber do amor, pergunta ao santo.

Foto - Alice Andreia

Todos aqueles, que tiveram o prazer e o privilégio de conviver com Pe. Antônio, reconhecem que, mesmo em vida, ele assim se parecia. IMAGINEM AGORA...

Teste o seu Português

01 - Neste verão, nos finais de tarde, é bom tomar um _______ bem gelado.

a ( ) chopp;

b ( ) schoppen;

c ( ) chopps;

d ( ) chope.

02 - A linguiça seca, curtida no fumeiro, chama-se: _________.

a ( ) chouriço;

b ( ) choriço;

c ( ) xouriço;

d ( ) xoriço.

03 - Prato feito com repolho picado e fermentado denomina-se: __________.

a ( ) xucrute;

b ( ) chucrutes;

c ( ) chucrute;

d ( ) xucrutes.

04 - Aquele camarada é um ___________, um verdadeiro dedo duro.

a ( ) caguete;

b ( ) alcaguete;

c ( ) cagueta.

05 - Em janeiro, os estudantes estão: ____________.

a ( ) de férias;

b ( ) em férias.

06 - Trata-se de um convite __________. Parto, para uma viagem __________.

a ( ) irecusável - inter-continental;

b ( ) inrecusável - inter continental;

c ( ) irrecusável - intercontinental.

07 - Uma bisteca __________, um ovo frito e uma salada. Está pronta a refeição.

a ( ) mal-passada;

b ( ) malpassada;

c ( ) mal passada;

d ( ) mau passada.

08 - Era um barulho ____________. Não se conseguia ouvir o que ele dizia.

a ( ) pertubador;

b ( ) perturbador.

09 - Nesse final de semana, comemos uma maravilhosa picanha na ________.

a ( ) taboa;

b ( ) táboa;

c ( ) tauba;

d ( ) tábua.

10 - Vou preparar uma sopa à base de ___________, em substituição à couve.

a ( ) cumbuquira;

b ( ) cambuquira;

c ( ) cambaquira.

(*) Pesquisadora do GEPEFA - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Famílias.

Respostas:

Resp 1.: d - Neste verão, nos finais de tarde, é bom tomar um chope bem gelado.

Chope = (forma portuguesa correspondente ao francês chope e ao alemão Schoppen).

Resp 2.: a - A linguiça seca, curtida no fumeiro, chama-se: chouriço.

Chouriço com ch.

Resp 3.: c - Prato feito com repolho picado e fermentado denomina-se: chucrute.

Resp 4.: a - b - c - Aquele camarada é um caguete / alcaguete / cagueta, um verdadeiro dedo duro.

Caguete, alcaguete, cagueta = (delator) - pronuncie a letra u.

OBS.: Alcaguete (do espanhol alcahuete).

Resp 5.: a - b - Em janeiro, os estudantes estão: de férias / em férias.

Férias = período destinado ao descanso.

As duas expressões (de férias / em férias) têm o mesmo sentido.

Resp 6.: c - Trata-se de um convite irrecusável. Parto, para uma viagem intercontinental.

Irrecusável = que não se pode recusar, que não se pode rejeitar.

Intercontinental = (relativo a dois ou mais continentes).

Resp 7.: b - Uma bisteca malpassada, um ovo frito e uma salada. Está pronta a refeição.

Malpassada = (adjetivo) diz-se da iguaria levada ao fogo por pouco tempo, de modo que não fique totalmente cozida ou frita.

Resp 8.: b - Era um barulho perturbador. Não se conseguia ouvir o que ele dizia.

Perturbador = (que atrapalha, que perturba, que estorva). Observe a letra r depois do u.

Resp 9.: d - Nesse final de semana, comemos uma maravilhosa picanha na tábua.

Não confunda com tabua ou taboa = erva de águas paradas e rasas.

Resp 10.: b - Vou preparar uma sopa à base de cambuquira, em substituição à couve.

Cambuquira = (broto da aboboreira).

OBS.: Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP) e Jornal de Araraquara (SP), Jornal Independente - Dois Córregos (SP), Tribuna do Norte - Natal (RN), Jornal de Nova Odessa (SP), Diário da Franca - Franca (SP) e Diário de Sorocaba - Sorocaba (SP) - Jornal de Itatiba - Itatiba (SP) - O Liberal Regional - Araçatuba (SP) - Diário da Serra - Tangara da Serra (MT).