JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

ALZHEIMER

Atinge 1 milhão de brasileiros, mas, pode ser prevenido.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 11,5% das pessoas com mais de 65 anos no Brasil sofrem com Doença de Alzheimer. No total, mais de 1 milhão de brasileiros são diagnosticados com esse tipo de demência. Diante desse quadro, é comum que as pessoas procurem medidas de prevenção. Mas será que elas realmente existem? O neurologista Gustavo Franklin explica sobre os chamados fatores protetores, que ajudam a reduzir as chances de o indivíduo desenvolver a doença.

"A escolaridade é um dos fatores protetores da Doença de Alzheimer. Quanto maior o tempo de estudo, menor as chances de desenvolvimento dessa demência", diz o especialista. Mas não é o único, de acordo com Franklin: existem outras medidas que também são importantes, como tratar diabetes, manter os níveis de colesterol dentro da normalidade, tratar a hipertensão arterial, evitar sedentarismo e tabagismo, quando houver.

Por falar em sedentarismo, no início desse ano, um estudo publicado na revista Nature Medicine revelou que a prática regular de atividades físicas é uma aliada contra o Alzheimer. O neurologista confirma essa teoria. "Exercício físico é capaz de produzir pequenas substâncias protetoras, que quando são geradas a longo prazo - por meio da atividade regular e continuamente - evitam ou diminuem a inflamação que leva à degeneração dos neurônios".

Segredo: combinação de exercícios físicos e alimentação saudável faz muito mais do que proporcionar qualidade de vida. (Monica@comuniquese1.com.br)