JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

Cidade, de joelhos no chão, faz oração para que a Paz e Amor voltem a reinar

Sangue, por todo o país, não consegue estancar onda de violência

Por que a adolescente foi morta? Ora, o assassino de 17 anos ficou com vontade de ver como alguém chegaria ao final da vida, qual o grau de sofrimento mesmo num ocaso sem motivação e irracional, efetivamente doentio que mereceria reprimenda. Mas, o "de menor" ficará apreendido com a perspectiva de apenas 3 anos apartado da sociedade, com cama e comida grátis na Fundação Casa. Ah! Roupa lavada também... e, se espirrar, saúde e todo remédio capaz de garantir sua saúde plena. Ao retornar à sociedade terá se modificado? Mesmo após o ato bestial poderá dar a volta por cima e aprender a conviver socialmente? São perguntas que a comunidade araraquarense não tem direito a resposta condizente.

Crime bárbaro causa depressão na população de Araraquara..

Uma dúvida que sua mãe terá que obter resposta em muitas noites de oração em sua igreja, a mesma que esteve no dia do infausto acontecimento, especialmente para a família da jovem Yasmin, que deixa nosso mundo de forma tão grotesca e recriminável aos 16 anos de existência. Sua família sofre e a população participa do luto coletivo pela ocorrência inominável, realmente dolorida e inaceitável.