Governador promulga Lei que denomina “Prof. José Arana Varela” a FATEC de Araraquara

0
38
Prof. José Arana Varela

A FATEC de Araraquara passa a se chamar “Prof. José Arana Varela”. O projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa em dezembro do ano passado e a Lei n. 17.501 promulgada no último dia 7 de janeiro pelo governador João Doria.
Por indicação do então vereador Jéferson Yashuda (PSDB), o deputado estadual Marcos Zerbini (PSDB) apresentou o Projeto de Lei nº 1.309/2019 para homenagear o professor José Arana Varela, falecido em 17 de maio de 2016, aos 72 anos de idade, após três anos de luta contra o câncer.
A FATEC de Araraquara é uma unidade de ensino superior tecnológico do Centro Estadual de Educação Tecnológica “Paula Souza” – CEETEPS. “O professor José Arana Varela foi um expoente na ciência dos materiais, com seu trabalho reconhecido no Brasil e no exterior. Com esta homenagem reconhecemos a importância de valorizar nossos cientistas”, disse Yashuda.
Professor titular do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (IQ/Unesp), em Araraquara, Varela foi o primeiro docente da Unesp a assumir o cargo de diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP. Foi também membro do Conselho Superior da Fundação de 2004 a 2010 e seu vice-presidente de 2007 a 2010.
Varela foi presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais, fundador e diretor da Agência Unesp de Inovação e coordenador em Inovação do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP.
Nascido em Martinópolis, interior de São Paulo, em 11 de abril de 1944, graduou-se em Física pela Universidade de São Paulo (USP), com mestrado em Física pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e doutorado em Ciência de Materiais pela University of Washington.
Era membro do Conselho Superior de Inovação e Competitividade da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, da Sociedade Brasileira de Física, da Academia de Ciências do Estado de São Paulo e da Academia Brasileira de Ciências.
Varela também era membro da World Academy of Ceramics, da American Ceramic Society, do Conselho de Curadores da Ceramic and Glass Industry Foundation, e da Materials Research Society.
Recebeu vários prêmios e honrarias, entre os quais o Prêmio Epsilon de Ouro, da Sociedade Espanhola de Cerâmica e Vidro – o primeiro não espanhol a receber a distinção –, o Prêmio Scopus Elsevier, pela sua contribuição para a ciência no Brasil, o Global Star Award (2013) e o Bridge Building Bridge Award (2014), os dois últimos da American Ceramic Society.
Como pesquisador, Varela tinha grande experiência em ciência de materiais, com ênfase em materiais cerâmicos, especialmente em estudos com filmes finos, materiais ferroeletricos e dielétricos, varistores, propriedades de contorno de grãos e sinterização. Manteve forte intercâmbio com instituições de pesquisa na Espanha, França, Estados Unidos, Eslovênia e Itália.
Foi membro do corpo editorial de diversas revistas, entre as quais Ceramics International, Science of Sintering, Cerâmica e Materials Research.
Publicou mais de 500 artigos em revistas internacionais, possui 15 pedidos de privilégios e gerou mais de 500 trabalhos em Congressos. Desenvolveu mais de 35 projetos e convênios com os governos: Federal e Estadual e também com empresas. Orientou e co-orientou mais de 50 teses e dissertações. Recebeu mais de 20 prêmios e menções honrosas, incluindo o Prêmio Épsilon de Ouro da Sociedade Espanhola de Cerâmica e Vidro.

FATEC

A FATEC de Araraquara foi criada, em 07/07/2017, por meio do Decreto nº 62.679, inicialmente oferecendo 40 vagas, no período noturno, para o Curso de Tecnologia em Gestão Comercial. As atividades letivas foram iniciadas, em 01/08/2017.
A infraestrutura física da Fatec Araraquara foi recentemente construída pelo Governo do Estado. A obra foi entregue, em abril/2017, e custou aproximadamente R$ 22.500.000,00 (vinte e dois milhões e quinhentos mil reais). A Fatec dispõe de uma área construída de 7.800 metros quadrados, em um terreno de, aproximadamente, 14.000 metros quadrados.
A unidade dispõe de 18 salas de aula e 13 laboratórios, sendo eles: Ambiente e Desenvolvimento de Projetos, Metrologia, Hidráulica e Pneumática, Informática, Redes de Computadores e CCNA/CISCO, CAD/CAE/CAM, Arquitetura de Computadores, Sala de Desenho, Física/Eletricidade/Eletrônica, Máquinas Operatrizes, Soldagem, CNC e Fundição, além de um auditório com capacidade para 222 pessoas. A unidade conta ainda com biblioteca e sala de estudo, salas administrativas, sendo: direção, sala dos professores, sala de reunião, almoxarifado, diretoria de serviços administrativos, diretoria de serviços acadêmicos, coordenação de cursos, sala para Regime de Jornada Integral (RJI). Também dispõe de cantina, galpão para fabricação mecânica, estacionamento para alunos, professores e funcionários, e elevador para acessibilidade de portadores de necessidades especiais.

(José Angelo Santilli – e-mail: [email protected])

Deixe uma resposta