Ginástica artística da melhor idade da Fundesport é campeã em Ribeirão

0
115
Equipe do professor Henrique Sanioto terminou em primeiro lugar nos Jogos Regionais da Melhor Idade
A equipe de ginástica artística da melhor idade da Fundesport competiu nesta quarta-feira (15) no Complexo da Cava do Bosque, em Ribeirão Preto, onde sagrou-se campeã dos Jogos Regionais da Melhor Idade (JOMI).
A apresentação, que leva o nome de “Imploramos a paz”,  obteve as notas 9,60 na composição coreográfica, 9,40 na técnica de execução, 9.70 no ritmo e sincronismo, 9,50 na utilização do espaço e 9 no visual e originalidade, com um total de 47,20 pontos. Outros municípios que se destacaram em meio aos 12 participantes da disputa foram Sertãozinho (42,60 pontos), Cravinhos (42,30) e Ribeirão Preto (37,20).
O professor Henrique Sanioto, que elaborou e comandou a apresentação, comentou sobre a participação de sua equipe. “Realmente foi um trabalho muito bonito que a equipe da Fundesport fez. A parte técnica foi muito elogiada e isso potencializa a equipe para a Final Estadual, que será realizada em Presidente Prudente no dia 29 de junho, daqui a duas semanas. Vamos ainda fazer algumas reformulações nesse trabalho técnico para tentar conseguir um resultado bastante expressivo na Final Estadual”, assegurou.
O professor cumprimentou a equipe pela conquista. “As atletas de Araraquara estão de parabéns, foi um belíssimo trabalho, com um tema muito oportuno, que é um pedido de paz mundial, e isso mexeu com todo mundo. Eu só tenho a agradecer a todas as atletas pela grande atuação, pelo aprendizado da equipe toda e eu acho que o mais bonito foi todas elas entenderem as dificuldades e as diferenças de cada uma para poder deixar esse time como um único time, como se a apresentação coreográfica fosse feita por uma única pessoa, um único pedido”, analisou.
Para Sanioto, essa transformação passada pelas integrantes é o prêmio mais bonito que o grupo todo poderia conquistar. “O mais importante é esse potencial de transformação e de juventude, porque elas hoje são pessoas muito jovens, muito ativas, cheias de vida e cheias de saúde. Esse é o papel primordial do professor, do técnico, do psicólogo, do amigo, e claro que nos momentos necessários vamos fazer as correções e isso é importante para que elas entendam que é todo um processo lento, porque temos toda a pedagogia do movimento, a parte física, a mobilidade física delas que vem melhorando a cada dia”, acrescentou.
“Parabéns à equipe toda, à Fundesport e todos seus dirigentes, porque para nós é um título bastante expressivo. É uma competição muito difícil, porque além das questões técnicas é preciso conquistar a arbitragem, que tem que gostar do que você escolheu como tema e tudo mais. É realmente um trabalho minucioso que merece todas as congratulações para o time todo”, completou o professor.
O JOMI é o novo nome do antigo JORI (Jogos Regionais do Idoso), que contou com 23 edições, coordenadas pela Secretaria Estadual de Esportes em conjunto com as prefeituras onde eles foram realizados. O nome foi alterado pelo governador João Dória em 2019 e nos dois anos seguintes a competição foi cancelada por conta da pandemia da Covid-19. Esse é o principal torneio esportivo voltado para a terceira idade no estado de São Paulo, que foi pioneiro no Brasil em competições direcionadas ao público com mais de 60 anos de idade. É disputado no formato de uma olimpíada regional, com disputas de 14 modalidades nas categorias feminino e masculino.
O projeto da ginástica artística da melhor idade, vinculado à Prefeitura de Araraquara por meio da Fundesport, é totalmente gratuito e acontece de segunda a quarta-feira, com aulas das 8 às 9 horas, das 9 às 10 horas e das 10 às 11 horas. A inscrição pode ser feita no próprio local da aula, no Ginásio de Ginástica Artística “Gilberto Antônio Maestrello”, no Centro de Eventos de Araraquara e Região (CEAR). No momento, a ginástica artística da terceira idade da Prefeitura conta com mais de 100 alunos.
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

Deixe uma resposta