Frente dos Direitos das Mulheres dialoga para cumprimento da lei ‘Parada Segura’

0
138

Objetivo da vereadora Fabi Virgílio (PT) é aumentar a segurança das trabalhadoras

Na quinta-feira (26), a vereadora Fabi Virgílio (PT), presidenta da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres, reuniu-se com gestores da empresa Lupo e representantes da Polícia Militar (PM) e da Segurança Pública Municipal. O objetivo foi buscar alternativas para melhorar a segurança dos trabalhadores, especialmente das mulheres, que fazem o terceiro turno da jornada de trabalho, retornando para seus lares após a meia-noite.
“Importante ressaltar que essa demanda chegou ao gabinete pelas promotoras legais populares, Nadja e Sheila, em razão dos trabalhos desenvolvidos pela Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres, que tem como objetivo incentivar, desenvolver e apoiar discussões e ações relacionadas às mulheres”, destaca Fabi. A vereadora também enfatiza que, desde o início das conversas, “a empresa Lupo se mostrou comprometida para resolver essa demanda e melhorar o atendimento e transporte de suas trabalhadoras”.
De acordo com Fabi, a empresa responsável pelo transporte dos trabalhadores comprometeu-se a adotar o previsto na “Lei Parada Segura”, que garante às mulheres o direito de desembarcar dos veículos de transporte coletivo urbano, fora dos pontos fixados, depois das 22 horas. Os motoristas dos ônibus ou micro-ônibus devem parar, dentro da rota, no lugar em que a passageira pedir. Vale lembrar que, durante o atual estado de calamidade pública, o Decreto nº 12.500/2021 antecipou o horário para 20 horas.
“A PM se colocou à disposição, assim como se comprometeu a mapear os bairros que mais tiverem denúncias, para ampliar as rondas nesses locais. O Executivo, de sua parte, informou que haverá a troca de todas as lâmpadas das principais vias por lâmpadas de LED, para melhorar a segurança primária. O Legislativo se colocou à disposição para ser o interlocutor das demandas da população”, afirma Fabi.
Também participaram da reunião o secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, Coronel João Alberto Nogueira Júnior; a promotora legal popular Nadja Karina; e os representantes do 13º Batalhão da Polícia Militar, Capitão Coelho, Soldado Pierri e Soldado Dayane. *Com informações da assessoria do gabinete da vereadora Fabi Virgílio (PT) – (Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta