Finalização de Oficinas Culturais resulta em produções audiovisuais

0
115

Confira no YouTube as Oficinas: de Dança Contemporânea, de Performance Audiovisual com elementos do Vogue e Cultura Ballroom, e de Percussão África-Brasil

As Oficinas Culturais Municipais de Dança Contemporânea, da educadora Sabrina Rocco; a de Performance Audiovisual com elementos do Vogue e Cultura Ballroom, da educadora Maria da Maré; e Percussão África-Brasil, do educador Beto Oliveira finalizaram as atividades com a produção de vídeos que estarão disponíveis no canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube.

Com a participação dos alunos, os vídeos apresentam o resultado das oficinas oferecidas em 2021 tanto de forma virtual, como também de maneira híbrida. As aulas da educadora Sabrina Rocco, por exemplo, foram iniciadas online e, assim que possível, migraram para o presencial.

Ela conta que, com as oficinas presenciais, os participantes produziram vivências através de imagens artísticas e criaram pequenas performances como exercício. “Foi uma produção que os alunes das oficinas entraram na dança, literalmente! Trabalhamos com uma mistura de processos, com a mescla do presencial com vivências e da vivência do audiovisual”, explica.

Sabrina conta que durante as aulas remotas, os alunos mesmos se filmavam para o experimento e que, agora, para o trabalho de finalização, ela é quem assume a câmera, possibilitando experimentações artísticas. “O resultado é um vídeo potente, que teve um processo muito bacana e que propõem várias leituras”, alerta Sabrina.

Já a educadora Maria da Maré teve uma turma presencial no Centro Afro e uma turma online. O trabalho apresentado neste momento é o resultado da oficina realizada no Centro Afro. “Trabalhamos com referências pensadas em conjunto, por isso a identidade das educandas foi potencializada pelo olhar da produção e performance audiovisual”, conta Maria da Maré.

Por fim, as Oficinas de Percussão África-Brasil trazem um trabalho com participantes das instituições: Salesianos Lar Juvenil São Domingos Sávio, Lar Escola Rita Maria de Jesus e Espaço Criança Cristo Rei. O educador Beto Oliveira lembra que as oficinas enfocam a importância da valorização da cultura negra, do negro, do canto de resistência, das manifestações africanas e afro-brasileiras, “para que os jovens possam se reconhecer na música e entre eles, entendendo qual o papel de construção na sociedade”.

O vídeo da oficina de percussão tem direção de Beto Oliveira e captação e edição de imagens de Pedro Pimenta e Bruno Marques. “Um país sem cultura, é um país sem memória. Se nós, como educadores, não fizermos o nosso papel de multiplicadores culturais e transmitir para as novas gerações o que é realmente pertencente às nossas raízes, em breve não teremos mais cultura no Brasil”, defendeu Beto.

“O grande intuito não é formar musicistas, nem educadores, mas é plantar uma semente no coração e na mente de cada um, para que possam ter isso na construção de cidadania de cada um como cidadão, como defensor, e entender o processo de resistência da cultura afro-brasileira que acontece há tantos anos no nosso país”, finalizou o educador.

Os links diretos para assistir as produções são os seguintes:  https://youtu.be/Kw9woqCoDzM (Dança Contemporânea), https://youtu.be/XkHwRc7uVEU (Performance Audiovisual com elementos do Vogue e Cultura Ballroom) e https://youtu.be/BfVVCzESa_0 (Percussão África-Brasil). A programação é gratuita.

SERVIÇO:

Vídeos Oficinas Culturais Municipais

Linguagens: Dança Contemporânea (Sabrina Rocco), Performance Audiovisual com elementos do Vogue e Cultura Ballroom (Maria da Maré) e Percussão África-Brasil (Beto Oliveira)

Local: Canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube

  • Links diretos:

– Oficinas Culturais Municipais de Dança Contemporânea: https://youtu.be/Kw9woqCoDzM

– Performance Audiovisual com elementos do Vogue e Cultura Ballroom: https://youtu.be/XkHwRc7uVEU

 

– Oficinas Culturais Municipais de Percussão África-Brasil: https://youtu.be/BfVVCzESa_0

Programação gratuita

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta