Evento da Gota de Leite atende cerca de 350 pessoas na praça do Paço Municipal

0
16

Equipes tiraram dúvidas sobre amamentação e orientaram sobre o cadastro para doação de leite materno; também foi feita aferição de pressão arterial e glicemia

 

 

Cerca de 350 pessoas participaram das atividades realizadas pela Maternidade Gota de Leite, nesta sexta-feira (5), na praça do Paço Municipal, marcando a Semana Mundial do Aleitamento Materno 2022, uma campanha global organizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O objetivo da ação foi promover a amamentação exclusiva para os primeiros seis meses de vida e continuada até pelo menos os dois anos de idade. Também foram cadastradas mulheres interessadas em doar leite humano para o Posto de Coleta de Leite Humano da Gota e, em parceria com a DrogaVen, foram feitas cerca de 200 aferições de pressão arterial e glicemia.

Equipes da Gota permaneceram durante toda a manhã e um período da tarde tirando dúvidas sobre amamentação e orientando sobre o preenchimento de cadastro para doação de leite materno.

Mayara Assoni, nutricionista e coordenadora do Posto de Coleta de Leite Humano da Gota de Leite, destaca a importância desse tipo de atividade para o atendimento de recém-nascidos que necessitam do leite humano para se desenvolverem com saúde.

“Temos um estoque de leite materno suficiente para o atendimento da atual demanda, mas é muito importante que mais mulheres se cadastrem. O leite humano é fundamental no desenvolvimento dos recém-nascidos, principalmente para os que estão internados. Com o leite materno, o bebê prematuro ganha peso mais rápido, se desenvolve com mais saúde”, reforça ela, acrescentando que um litro de leite materno pode salvar a vida de até 10 bebês internados na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) Neonatal.

Mayara ressalta que as mulheres interessadas em fazer cadastro para serem doadoras de leite humano podem procurar a Maternidade Gota de Leite, de segunda a sábado, das 7h às 18h30.

Qualquer mulher que esteja amamentando pode ser doadora; basta ser saudável, não fumar mais de 10 cigarros por dia, não fazer uso de drogas ou bebidas alcoólicas, e não ter doenças infectocontagiosas. Na maternidade, a doadora passa por uma triagem, onde é preenchido o cadastro e colhido os exames de sangue necessários. Além disso, ela recebe toda a orientação para coleta do leite em casa.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3305-1530.

 

 

 

____________________________________________________________________
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

CONTATO
Telefone: (16) 3301-5000 – ramais: 5237/5124/5284/5063
Rua São Bento, 840 – 4º andar – Centro
Araraquara – SP – Cep: 14.801-300

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.