Estudantes da EE Narciso da Silva Cesar participam de atividade sobre patrimônio histórico na Biblioteca Municipal

0
117

Coordenador de Patrimônio, Weber Fonseca, comandou a abertura da atividade com estudantes nesta sexta-feira (24)

Na manhã desta sexta-feira (24), 120 estudantes da Escola Estadual Narciso da Silva Cesar estiveram na Biblioteca Municipal Mário de Andrade, onde participaram de uma atividade ligada ao projeto “A Semana de Arte Pós-moderna de 2022 – o ontem, o hoje e o amanhã”, desenvolvido pelo professor, engenheiro, compositor e sambista araraquarense Marcelo Longo Vidal, o Teroca.

A atividade contou com palestra do coordenador de Acervo e Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal de Cultura de Araraquara, Weber Fonseca, que foi o organizador da mostra sobre os vínculos araraquarenses com a Semana de Arte Moderna de 1922, na exposição “Gabinete Modernista, realizada entre fevereiro e março deste ano.

“É uma satisfação imensa a Coordenadoria de Acervos e Patrimônio Histórico ser convidada a participar de uma atividade desta natureza onde o patrimônio cultural da cidade está conjugado com linguagens artísticas”, apontou Weber.

Após a palestra, os professores da escola irão desenvolver teoricamente o tema em sala de aula, com os alunos dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental I. “O bacana é que eles poderão vivenciar isso, não só com as aulas expositivas dos professores de Artes, mas com oficinas que vão desenvolver essas áreas tão bem focadas durante a Semana de Arte Moderna”, conta Teroca.

O projeto envolve oficinas de pintura, escultura, poesia, música, dança e teatro desenvolvidas a partir do conteúdo abordado – o resultado final será um espetáculo teatral onde será pontuado, nessas áreas artísticas, um panorama sobre “Ontem (1922)” e “Hoje (2022)” e, também, projetando o “Amanhã (2122)”.

Teroca explica que, apesar de não ser professor da escola, já fez outros 2 projetos com os alunos da EE Narciso. “Começamos com uma palestra; depois o professor de Educação Física, Fábio Carvalho Rodrigues, encampou o projeto ‘Samba na Escola’, com roda de samba feito pela molecada nos intervalos. A partir daí a gente partiu pra desenvolver outros projetos: em 2016 fizemos alusivo aos ‘100 anos do Samba’ e em 2017 sobre os ‘200 anos de Araraquara’.”

O encontro na biblioteca também incluiu a visita ao Gabinete, sala da biblioteca que reúne o material doado por Mario de Andrade e Pio Lourenço, onde estão duas estantes com 600 obras que foram doadas por Mário para compor o acervo inicial da Biblioteca Pública Municipal, além de fichas de anotações de Pio que inclui comentários sobre a obra Macunaíma.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.