Especialistas fazem alerta sobre os danos causados pelo tabaco no Dia Nacional de Combate ao Fumo

0
234
Daniel Messias Martins Alves Neiva, pneumologista e professor da IDOMED.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 8 milhões de pessoas morrem ao ano por conta do cigarro

No próximo dia 29 de agosto será celebrado uma importante data no calendário de saúde, o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Os males causados pelo consumo do tabaco são muitos, como diversos tipos de câncer, infarto, AVC, impotência sexual, DPOC (Doença Pulmonar Crônica), entre outros. É preciso lembrar que uso de cigarro eletrônico, também conhecido como Vape, pode ser tão prejudicial quanto o cigarro tradicional.

A Organização Mundial da Saúde aponta que o tabaco mata mais de 8 milhões de pessoas por ano. Mais de 7 milhões dessas mortes resultam do uso direto do produto, enquanto cerca de 1,2 milhão é resultado de não-fumantes expostos ao fumo de forma passiva.

Daniel Messias Martins Alves Neiva, pneumologista e professor da faculdade de Medicina Estácio, que é vinculada ao Instituto de Educação Médica (IDOMED), explica que o tabagismo é uma doença crônica não transmissível, causada pela dependência do usuário à nicotina presente nos cigarros. “Essa dependência integra o grupo de transtornos mentais, comportamentais ou de neurodesenvolvimento e o tratamento varia de acordo com o perfil de cada paciente. Entretanto, ter conhecimento sobre os danos causados à saúde pelo uso do tabaco não basta. É preciso consciência de que o tabagismo se trata de uma doença e que é necessário investir em tratamento adequado, que muitas vezes, é multidisciplinar”, explica.

No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece aos tabagistas, através do Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT), acompanhamento e tratamento para a dependência. Por meio do programa, diversas ações são geradas para reduzir a aceitação social do tabagismo. (Conceito Comunic Comunicação Empresarial – Sérgio Nogueira – www.conceitocomunic.com.br)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.