Espaço da OAB

Luta dos Advogados

Estamos acompanhando o trabalho da diretoria da 5ª Subsecção da OAB-Araraquara e de algumas comissões, sob o comando do Dr. Jamil Gonçalves do Nascimento. Mas, estamos vendo a falta de vontade política na cidade para resolver os problemas do judiciário.

Cidade Judiciária

Há muito tempo temos cobrado de nossas autoridades um projeto para realização desse sonho, como fizeram algumas cidades com sucesso.

A OAB esbanja vontade, tendo enviado ofícios a quem de direito: autoridades judiciárias que até agora esperam uma definição; presidente da Câmara Municipal que já aprovou requerimento e oficiou o TRT-Campinas; mas, infelizmente não estamos conseguindo ver o interesse do Executivo.

Empreendedores Interessados

Já alertamos que existem empreendedores interessados na construção do prédio da Justiça do Trabalho e estão procurando terreno para compra e construção. Isso porque urgentemente é necessário abrigar as Varas e demais cartórios, sala da OAB, instituições bancárias, sanitários, local de espera do público em audiências, cumprimento da legislação para os portadores de necessidade especiais, estacionamento e solucionar tantos problemas mais.

Devagar, quase parando…

Araraquara poderá não ter a Cidade Judiciária. Estamos sabendo que a qualquer momento poderá ser construído o prédio da Justiça do Trabalho em Araraquara, em local a critério de empreendedores. Se isso acontecer, vamos tecer muitas críticas contra quem de direito. Recebe elogios pelas conquistas de órgãos ligados ao judiciário, mas, infelizmente deixará a população sem a Cidade Judiciária que poderia, por questão óbvia, levar o progresso para a periferia de Araraquara. Como ocorreu em outras cidades.

Voltaremos ao assunto: esperamos que o Executivo acorde, pois, ainda dá tempo para interferir e realizar o sonho dos que militam no judiciário araraquarense e da própria população que será a maior beneficiada.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Plano de recapeamento avança no Jardim Universal

Seguem em andamento obras da unidade de saúde do Santana

95% dos aposentados desconhecem senha do aplicativo Meu INSS

O que acontece com as dívidas quando alguém morre?

Alimentação x Saúde Cerebral: entenda a relação

CATEGORIAS