Entenda a relação entre o lipedema e as varizes

0
293

O lipedema e as varizes são condições distintas que afetam o sistema vascular e linfático do corpo, mas podem estar relacionadas devido ao impacto que uma condição pode ter sobre a outra.

Segundo o angiologista e cirurgião vascular Dr. Eduardo Toledo de Aguiar, “aproximadamente 50% das pacientes com varizes têm lipedema. O tratamento simultâneo das duas condições, além de possível e indicado, colabora de forma expressiva para a recuperação da autoestima e retorno das mulheres para o seu dia a dia com leveza e liberdade”.”

A seguir, entenda a relação entre o lipedema e as varizes:

1.   Lipedema: O lipedema é uma condição crônica que se caracteriza pelo acúmulo anormal de gordura, geralmente nas pernas, coxas e quadris, de forma simétrica. Essa gordura é resistente à dieta e ao exercício, levando a uma distribuição desproporcional do tecido adiposo. O lipedema afeta principalmente mulheres e pode causar dor, sensibilidade ao toque e inchaço nas áreas afetadas.

2. Varizes: As varizes são veias dilatadas e tortuosas que surgem devido ao enfraquecimento das válvulas venosas, o que dificulta o retorno do sangue ao coração. As varizes são mais comuns nas pernas e podem causar sintomas como dor, inchaço, sensação de peso e cansaço nas pernas.

3. Relação entre Lipedema e Varizes: Embora o lipedema e as varizes sejam condições diferentes, o acúmulo de gordura no lipedema pode exercer pressão adicional sobre as veias e vasos linfáticos, contribuindo para o desenvolvimento ou agravamento das varizes. Além disso, o inchaço e a retenção de líquidos associados ao lipedema podem sobrecarregar o sistema venoso, aumentando o risco de varizes.

4. Tratamento: O tratamento do lipedema e das varizes envolve abordagens específicas para cada condição. No caso do lipedema, o tratamento visa controlar os sintomas, reduzir o inchaço e melhorar a qualidade de vida do paciente, com terapias como drenagem linfática, uso de roupas de compressão e exercícios específicos. Já o tratamento das varizes pode incluir medidas como uso de meias de compressão, mudanças no estilo de vida e, em casos mais graves, procedimentos cirúrgicos ou minimamente invasivos para tratar as veias dilatadas.

Em resumo, embora o lipedema e as varizes sejam condições distintas, o impacto do acúmulo de gordura e inchaço associados ao lipedema pode influenciar o desenvolvimento ou agravamento das varizes.

É importante buscar orientação médica especializada para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado para cada condição, levando em consideração a possível relação entre o lipedema e as varizes.

Fonte: Dr. Eduardo Toledo de Aguiar é Professor Livre Docente em Cirurgia Vascular – FMUSP, Diretor Médico da Spaço Vascular e Membro Efetivo da SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular)

(FG Assessoria de Comunicação & Imprensa)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.