Ensino Médio de São Paulo: Estudantes da 1ª série devem optar pelo itinerário formativo durante a rematrícula

0
111

Em 2022, todas as escolas vão ofertar pelo menos dois itinerários, que contemplam as quatro áreas do conhecimento

Estudantes da 1ª série do ensino médio da rede estadual ou alunos interessados na matrícula para a 2ª série em 2022 devem escolher o itinerário formativo durante o período de rematrícula. Durante o processo de confirmação da vaga para o próximo ano letivo, que vai até o próximo dia 17, é possível visualizar os aprofundamentos curriculares disponíveis nas escolas.
A partir do ano que vem, serão ofertados, por escola, para a 2ª série, pelo menos, dois itinerários integrados, que contemplem as quatro áreas do conhecimento – Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza. A 3ª série será atendida em 2023. Atualmente, são mais de 1,2 milhão de estudantes de ensino médio – 460 mil na 1ª série -, em 3,7 mil unidades escolares espalhadas pelo Estado.
O gestor do Ensino Médio de São Paulo, Gustavo Mendonça, destaca que as três séries seguem com aulas de todos os componentes curriculares previstos na Formação Geral Básica (FGB). Ou seja, os conhecimentos essenciais para a formação integral previstos na etapa do ensino médio do Currículo em Ação. “O aprofundamento da área de conhecimento escolhida se dará através dos itinerários formativos. Na grade curricular, a carga horária será maior para as áreas do conhecimento escolhidas”, afirma o gestor.

PROCESSO EM ANDAMENTO

A definição dos itinerários formativos se deu através de processos ocorridos nos últimos meses. Em julho, mais de 376 mil estudantes da 1ª série (89% do público-alvo) manifestaram apontaram, via Secretaria Escolar Digital (SED), os itinerários formativos mais atrativos, conforme interesse individual, entre as 11 possibilidades propostas de aprofundamento curricular – quatro das áreas do conhecimento, seis opções integradas entre elas e uma de formação técnica e profissional, via Novotec Expresso ou Novotec Integrado. No final de agosto, baseado nesta manifestação estudantil, foi a vez das escolas definirem as ofertas dos itinerários formativos.
Os dois itinerários formativos com maior manifestação de interesse, considerando 1ª e 2ª opções, foram Linguagens e Ciências Humanas, com 80,2% das escolas (27,3% das turmas), e Matemática e Ciências da Natureza, em 71,7% das escolas (23,7% das turmas).

AMPLIAÇÃO DAS AULAS SEMANAIS

A partir de 2022, a 2ª série do período diurno passará de 35 para 40 aulas (8 por dia). Já as 1ª e 2ª séries do noturno terão 33 aulas (hoje, são 25). Em 2023, as 3ª séries também passam pela mudança. O diurno contará com 40 aulas e o noturno com 33 aulas. Em relação à carga horária dos professores, ela será mantida mantida e todos terão oportunidade de ampliação, por meio dos itinerários formativos.

FOCO NO DESENVOLVIMENTO DO PROJETO DE VIDA

O Ensino Médio de São Paulo aproxima o estudante das transformações da sociedade e do mundo do trabalho, permitindo adquirir todos os conhecimentos básicos, e ainda poder escolher as áreas de mais interesse, para aprofundar e ampliar os estudos, sem precisar ficar mais tempo na escola.
Com foco no protagonismo estudantil, a proposta curricular promove a atuação ativa da comunidade escolar e o amparo necessário ao Projeto de Vida dos estudantes. Os itinerários formativos atuam na preparação para os desafios do século 21 e na conquista de melhores oportunidades no mercado de trabalho, além de aprofundar os conhecimentos exigidos pelos exames vestibulares.

Para mais informações, acesse: novoensinomedio.educacao.sp.gov.br

(Secretaria da Educação do Estado de São Paulo – Assessoria de Comunicação e Imprensa)

Deixe uma resposta