(Editorial) Respeito ao Idoso – Um Compromisso de Todos

0
3185
Foto Ilustrativa - Imagem de rawpixel.com no Freepik

No último domingo, o Brasil celebrou o Dia Nacional do Idoso, coincidindo com o Dia Internacional da Terceira Idade. No entanto, em meio às comemorações, é imprescindível refletir sobre a realidade que muitos deles enfrentam.

Em 2003, foi aprovada a Lei nº 10.741, também conhecida como Estatuto do Idoso. Ela estabeleceu claramente que os idosos têm direito a todas as oportunidades para preservar sua saúde física e mental, além de buscar constante aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social. Todos esses direitos devem ser garantidos em condições de liberdade e dignidade, permitindo que os idosos continuem a participar plenamente na sociedade.

No entanto, a realidade atual sugere que, apesar das leis e regulamentos, o respeito pelos idosos ainda enfrenta desafios significativos. Constantemente, os noticiários exibem tristes relatos de falta de respeito e, até mesmo, maus-tratos.

Eles enfrentam dificuldades em várias esferas da atualidade: na era da informática, lidar com a tecnologia pode ser desafiador; a mobilidade é outra questão, como enfrentar filas em bancos, o que pode torná-los alvos fáceis para criminosos que se aproveitam de sua vulnerabilidade.

Devemos lembrar que envelhecer é um destino comum a todos, se tivermos a sorte de viver tempo suficiente. Ser gentil com os idosos é, antes de tudo, um ato de empatia e compaixão. Isso significa não menosprezar suas dificuldades, mas sim oferecer ajuda quando necessário e valorizar seu conhecimento ao mesmo tempo.

Pequenos gestos podem fazer uma grande diferença. Oferecer o assento em um transporte público, permitir que eles furem uma fila ou mesmo auxiliar no uso de um celular são maneiras simples de demonstrar respeito e solidariedade.

Muitos idosos continuam sendo uma parte fundamental de suas famílias, inclusive como principal fonte de renda e apoio. Portanto, é nosso dever reconhecer e valorizar suas contribuições passadas, bem como seu papel presente.

Afinal, a realidade é clara: amanhã, todos nós seremos idosos. Respeito e admiração é um compromisso que não apenas honra suas tradições e valores, mas também constrói um futuro mais humano e compassivo para todos nós. É um compromisso que deve ser compartilhado por cada membro da sociedade, começando em nossos próprios lares e se espalhando para o mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.