(Editorial) Falta transparência

0
706

Araraquara inteira tomou conhecimento de que Edinho Silva foi intimado a depor como testemunha na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) no Rio Grande do Norte. Deveria ser ouvido a respeito de uma suposta doação que a Prefeitura recebeu em respiradores pela empresa Biogeoenergy.
A Empresa Biogeoenergy, sitiada em nossa cidade, era a responsável pela produção de respiradores em negócio – Intermediado pela Hempcare – de 48 milhões de reais, usados pelo Consórcio Nordeste na compra de 300 respiradores. Entretanto, os produtos nunca foram entregues.
Por sua vez, a Prefeitura de Araraquara teria recebido uma doação de 30 respiradores, o que gerou o estranhamento. Ainda mais no momento em que o Secretário-Executivo do Consórcio do Nordeste, Carlo Gabas, alegou que doaria 30 respiradores para seu “irmão de alma”, Edinho.
Por conta disso, Edinho foi chamado para testemunhar no dia 04/11/2021. Entretanto, não compareceu, beneficiado por decisão em “habeas corpus”.
De fato, a razão pela qual Edinho não desejou comparecer na CPI, a fim de prestar esclarecimentos, é um mistério. Assim como é estranha a razão do mandatário – sim, ele responde por e para todos os araraquarenses – não ter simplesmente se utilizado de seu direito ao silêncio, ao invés de ter impetrado um “habeas corpus” para não comparecer. Ou, então, ao menos, ter impetrado a ação preventivamente, de forma a ter garantido direito ao silêncio, sem sofrer qualquer sanção no momento.
Na qualidade de Chefe do Executivo, o ideal seria Edinho utilizar-se desta oportunidade para aliviar a ansiedade da sociedade, para prestar satisfações a todos, promovendo amplamente o princípio constitucional da publicidade. Ora, a transparência deve ser o tom numa República. Isso, em todos os níveis e esferas de Poder: Executivo, Legislativo, Judiciário, União, Estados/Distrito Federal e Municípios. Então, reforçamos o questionamento: por que perder essa oportunidade de ouro?
O JA enviou esses questionamentos para a Prefeitura, mas não recebeu qualquer resposta até o fechamento desta edição.

Deixe uma resposta