(Editorial) Condomínio precisa economizar na água

Alguns estados já decretaram emergência por falta de água. Ainda há regiões em situação crítica porque tivemos um verão escasso de chuvas e neste outono-inverno a previsão é que não retornem tão cedo. Por isso vale a prevenção.

Para se obter conscientização ambiental sobre gastos de água, os condomínios necessitam repensar a economia, com regras drásticas, priorizando saúde e economia. Os funcionários do condomínio, em especial os da limpeza, devem ser orientados para atingir a meta.

Em cada condomínio um plano emergencial para uso mínimo da água.

Isso vai contribuir para a conscientização de funcionários e moradores. Tem que ser contínuo. Por exemplo: ao invés de lavar a área externa, basta varrer. Em ambientes internos, aspirador de pó e pano úmido. Afora a criatividade.

RESIDÊNCIAS

Pode-se economizar, como coletar água que sai do chuveiro antes de aquecida e utilizá-la no vaso sanitário. Pode-se também colocar uma garrafa de 600 ml cheia de água dentro da caixa acoplada para economizar nas descargas. As caixas-d’água acopladas são os maiores vilões. Enfim, tudo para se economizar, diz Amilton Saraiva. (GS Terceirização)

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

20 de Julho – Dia Internacional da Amizade: ter amigos aumenta expectativa de vida

Novos livros estão disponíveis na Biblioteca Mário de Andrade

Feiras de artesãos e empreendedores movimentam o final de semana (20 e 21 de julho)

O setor de serviços na Reforma Tributária

Rota de Colisão

CATEGORIAS