Edinho assina Ordens de Serviço para obras de ampliação dos três CERs do Valle Verde

As três unidades escolares receberão investimentos na ordem de R$ 1.666.000,00, com recursos liberados pelo Governo Federal

Em solenidade realizada nesta quinta-feira (4) no CER “Clodoaldo Medina”, no Valle Verde, o prefeito Edinho assinou as Ordens de Serviço para início das obras de ampliação dos três Centros de Educação e Recreação (CERs) do bairro localizado na Zona Norte de Araraquara. As unidades que passarão por ampliação são o CER “Professor Clodoaldo Medina”, o CER “José Ênio Casaleche” e o CER “Lourdes Aparecida Carvalho Prada”.

As três escolas receberão investimentos na ordem de R$ 1.666.000,00, com recursos liberados pelo Governo Federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Edinho destacou a força da população para indicar a necessidade das obras. “Nós estamos em equipamentos públicos que são frutos do Orçamento Participativo, pautados pela comunidade local. Eu sempre digo que a Prefeitura se compromete com a prioridade número um, aprovada nas plenárias do OP, mas se tivermos condições e oportunidades, nós vamos atrás das demais prioridades. Se elas apareceram e tinha gente mobilizada, é porque são obras importantes. Essas unidades escolares não só nasceram da mobilização da população no Orçamento Participativo, como a ampliação também é uma demanda legítima pautada no OP”, comentou.

O presidente da Câmara Municipal de Araraquara, Paulo Landim (PT), também falou sobre a relevância das ampliações. “Para mim, este é um evento grandioso por dois motivos. Primeiro porque três CERs ganharão instalações maravilhosas para atender nossas crianças. O segundo é porque estamos falando de educação, um dos pilares fundamentais para o futuro deste país. A Prefeitura não está simplesmente gastando R$ 1,6 milhão com essas obras, mas está fazendo um investimento no futuro das nossas crianças, no bem-estar das famílias e no desenvolvimento da nossa cidade”, pontuou.

A secretária da Educação, Clélia Mara dos Santos, salientou que as obras vão fortalecer a abrangência do ensino na região. “É de uma felicidade ímpar estar aqui para dizer à população que amanhã começa a obra de ampliação dessas unidades. É importante e necessário porque a região não para de crescer. É importante que o poder público dê uma resposta mais coesa e mais pertinente a uma necessidade da sua população. E não é uma necessidade qualquer, é uma necessidade de matricular crianças pequenas e bem pequenas em um equipamento público voltado especialmente para o cuidado e para a educação”, afirmou.

O investimento vai garantir a ampliação das unidades escolares com a construção de duas salas de aulas com 34 metros quadrados cada uma e dois vestiários infantis com 9 metros quadrados cada, com sanitários e chuveiros. Com a conclusão das obras, cada um dos CERs poderá ampliar o atendimento em até 48 crianças em período integral ou em até 96 em período parcial.

CER “Professor Clodoaldo Medina”


O CER “Clodoaldo Medina”, inaugurado em 14 de agosto de 2020, atende hoje 177 crianças de 0 a 5 anos de idade em período parcial e integral. Trata-se de uma obra indicada pela população da região no Orçamento Participativo. Nesta obra, serão investidos R$ 558 mil para ampliação do módulo infantil em escolas padrão FNDE.

Taísa Alves de Silva Mattos, diretora do CER, falou em nome dos profissionais e alunos da unidade de ensino. “Quando as pessoas fazem política pública, elas devem escolher um produto que cause impacto na sociedade. Quando se escolhe a ampliação de CERs, vemos que o Executivo, o prefeito e a Secretaria da Educação estão fazendo uma boa escolha, porque estão escolhendo a Educação. E todos nós sabemos a importância da educação em nossas vidas. Eu sou fruto da escola pública, estudei toda a minha vida na escola pública. Quando o prefeito escolhe a ampliação de escolas públicas, ele sabe o impacto que isso vai ter na comunidade”, declarou.

CER “Lourdes Aparecida Carvalho Prada”


O CER “Lourdes Aparecida Carvalho Prada”, que atende 157 crianças de 0 a 5 anos de idade em período parcial e integral, foi inaugurado no dia 11 de agosto de 2020, também uma obra apontada pela população no OP. Nesta unidade educacional serão investidos R$ 558 mil.

A diretora da unidade, Patricia Oliveira, também valorizou a obra. “Investir em Educação é investir na sociedade, principalmente na educação infantil, que é a base de toda a educação. É nela que se constrói crianças críticas, crianças saudáveis, com a consciência de que elas podem mudar a vida. Com essa ampliação, vamos poder atender mais crianças e ver que o futuro da sociedade está crescendo”, frisou.

CER “José Ênio Casaleche”


O CER “José Ênio Casaleche”, que foi entregue à população do bairro no dia 12 de agosto de 2020, atende hoje 177 crianças de 0 a 5 anos de idade em período parcial e integral, surgiu como uma demanda da pela população desta região no OP. Serão investidos no local um total de R$ 550 mil.

Fábio Mahal da Silva Gonçalves, diretor do CER, lembrou das obras realizadas nos últimos anos no Valle Verde. “Essa transformação do bairro, para mim é motivo de muita alegria. Como gestores públicos, queremos ver muita criança na escola. Se fizemos essa escolha de sermos servidores públicos, é porque gostamos de trabalhar com pessoas e acreditamos em uma escola que de fato dê condições para que as crianças sejam, autônomas, para que aprendam, para que possam prosseguir seus estudos e para que possam ter sucesso na vida”, mencionou.
Mais presenças

Também participaram da solenidade o vereador Alcindo Sabino (PT); a secretária de Obras e Serviços Públicos, Renata Bratfisch; o secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, Alexandre Pomponi; o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Marcelo Mazeta; a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa; a secretária de Desenvolvimento Urbano, Sálua Kairuz Poleto; o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro; o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani; a superintendente do Daae, Ada Salmazo; Joice Nogueira, que representou a Fungota, Adriana Medina, que representou a Secretaria de Cultura; Ricardo Pereira, que representou a Secretaria de planejamento e Finanças; Lúcia Ortiz; a ouvidora geral do Município, Fernanda Fegadolli Nascimento; Elaine Lucon, da Orcon Engenharia e Perfurações Ltda, e Miguel Marian, representante da Marenge Engenharia e Construções, empresas responsáveis pelas obras; e a Sra. Dorinha Medina, esposa do patrono do CER “Clodoaldo Medina”.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

Foto: Tetê Vivian

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Santa Casa de Araraquara pede ajuda para identificar paciente

Show nesta sexta no Sesc Araraquara

Intervenção neste sábado no Sesc Araraquara

Confira as dicas gratuitas para curtir a cidade (20 e 21 de julho)

Contação de história neste sábado no Sesc Araraquara

CATEGORIAS