CTA é questionada quanto à falta de ônibus e ao preço das passagens   

0
99

Vereador Marchese da Rádio (Patriota) espera esclarecimentos da Controladoria 

O transporte urbano coletivo – ofertado em Araraquara pelas empresas Viação Paraty e a Empresa Cruz, através do Consórcio Araraquara de Transportes (CAT) – é essencial para milhares de munícipes para diferentes fins.

A pandemia da Covid-19 acarretou uma redução nas linhas de ônibus, porém as restrições já foram retiradas, exceto pela recomendação do uso de máscaras. No entanto, munícipes ainda relatam a falta de ônibus em determinados bairros e horários.

Levando em conta todas essas considerações, o vereador Marchese da Rádio (Patriota) protocolou o Requerimento nº 352/2022, solicitando informações da Controladoria do Transporte de Araraquara (CTA).

O parlamentar quer saber quantas linhas de ônibus estão operando atualmente e se a quantidade é correspondente às porcentagens previstas em contrato, assinado em 2016, para a concessão do serviço. Marchese solicitou cópia do contrato em questão e das planilhas que apontam a quantidade de ônibus nas ruas.

Ainda sobre o contrato assinado, o vereador pergunta como é feita, pela CTA, a fiscalização do cumprimento deste com as empresas Cruz e Paraty, também pediu cópia dos procedimentos e nomes dos responsáveis pela fiscalização.

Com a assinatura do documento em 2016, o parlamentar questiona quanto foi repassado para as empresas desde esse ano até o atual, solicitando também planilhas com os valores mensais de repasses.

Em relação a contratos com empresas prestadoras de serviços, Marchese busca saber se a Prefeitura recebe alguma porcentagem da passagem cobrada do usuário e qual o valor, em caso positivo.

Por fim, também sobre as passagens, o vereador pergunta por qual motivo o valor tem aumentado de forma desproporcional, levando em consideração o número de habitantes do município, e quer saber como é feito o cálculo pra definir o valor cobrado.

(Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.