Crise do trabalho por aplicativo e cooperativismo serão debatidos em audiência

0
124

Discussão foi convocada pelo vereador Guilherme Bianco (PCdoB)

Aprofundar os debates sobre a crise vivida pelos trabalhadores por aplicativos, que vem se agravando pela alta desenfreada do preço dos combustíveis e pelas taxas abusivas cobradas pelos aplicativos. Esse é o objetivo da audiência pública “Crise do trabalho por aplicativo e o cooperativismo” (Requerimento nº 974/2021), convocada pelo vereador Guilherme Bianco (PCdoB) para a tarde da quarta-feira (27).
“Em meio a este cenário, é preciso uma reflexão profunda sobre a ‘uberização’ da economia e pensar em como as cooperativas podem vir a ser uma forma viável de melhorar a situação dos trabalhadores. A cooperativa é uma forma sustentável de igualar os direitos em meio à produção, uma vez que existe a autogestão, e a condução dos trabalhos é feita pelos próprios trabalhadores de forma coletiva e democrática”, argumenta o parlamentar.
A discussão está prevista para ter início às 15 horas e será transmitida ao vivo pela TV Câmara no canal 17 da NET, Facebook e YouTube.
Estão convidados o prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), o vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto (Progressistas), e a coordenadora executiva de Trabalho e Economia Solidária, Camila Capacle.
As participações poderão ser feitas por meio de envio de perguntas no campo de comentários durante a transmissão pelo Facebook e YouTube. A mensagem será encaminhada à presidência dos trabalhos, dando voz à manifestação popular.
Também será permitido acesso ao Plenário da Casa de Leis, dentro do limite de capacidade do local, com distribuição de senhas, respeitando o distanciamento entre as pessoas, uso obrigatório de máscara e higienização das mãos.

Serviço
Audiência Pública “Crise do trabalho por aplicativo e o cooperativismo”
Dia: Quarta-feira, 27 de outubro
Horário: 15 horas
Local: Plenário da Câmara Municipal de Araraquara

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta