Construção de sede própria para o Cras da região do Valle Verde vence votação do OP

0
137
Foto: Celso Luís Gallo
Plenária da Região 11 do Orçamento Participativo foi realizada na noite de quinta-feira (23), na Emef Vereador Edmilson de Nola Sá, no Valle Verde

A plenária da Região 11 do Orçamento Participativo, na noite de quinta-feira (23), escolheu como prioridade a construção de uma sede própria para o Cras (Centro de Referência da Assistência Social) da região do Valle Verde.

O encontro foi realizado na Emef Vereador Edmilson de Nola Sá, no Valle Verde, e reuniu moradores do próprio Valle Verde, do Residencial Laura Molina, do Jardim do Valle e dos conjuntos habitacionais Anunciata Palmira Barbieri, Romilda Taparelli Barbieri e Maria Helena Lepre Barbieri.

Foram 118 pessoas presentes e 116 votos registrados, sendo 107 na proposta vencedora (nova sede do Cras) e nove votos solicitando uma praça com academia ao ar livre e brinquedos para a região.

“Em 2017, quando assumimos a Prefeitura, não tinha o Cras. Nós conseguimos uma casa da Caixa e ali funciona, de forma precária, o nosso Cras. É melhor ter funcionando em uma casa do que não ter Cras. Depois de um debate lindíssimo, a população decidiu que a prioridade do Orçamento Participativo aqui, para o ano que vem, é a construção da sede própria do Cras. Estruturada, para que a gente desenvolva todos os programas, os trabalhos com as famílias, a juventude, os adolescentes. O OP é isso: a população tendo voz e dizendo o que é importante”, afirmou o prefeito Edinho em transmissão nas redes sociais após a plenária.

Nas redes sociais da Prefeitura, a defensora da proposta vencedora na plenária, Tamires Regina, falou sobre a conquista. “A gente vai ter um espaço nosso, um direito nosso, onde a gente vai ser acolhido, isso é maravilhoso. Está sendo uma conquista para os nossos bairros. Foi uma grande vitória”, explicou a moradora.

Também estiveram presentes na plenária a vereadora Thainara Faria (PT) e o vereador Paulo Landim (PT), representando a Câmara Municipal, secretários, coordenadores e gestores municipais, além da equipe do Orçamento Participativo.

Próximas plenárias
Na próxima semana, o Orçamento Participativo terá mais duas plenárias. Na quinta-feira (30), às 19h, na Etec Profª Anna de Oliveira Ferraz (Escola Industrial), será realizada a Plenária da Região 10, que é composta pela Sub-Região 1 (Assentamento Bela Vista), Sub-Região 2 (Bueno de Andrada, Horto de Bueno e Rosa Martins) e Sub-Região 3 (Assentamento Monte Alegre 3 e 6).

No dia seguinte, 1º de julho, às 19h, o Centro de Referência da Mulher sediará a Plenária LGBTQIA+.

A fase de plenárias regionais sucede a fase sub-regional, que englobou 27 reuniões, onde os principais temas que devem ser priorizados pela Prefeitura (Saúde, Educação, Esportes, Obras, por exemplo) foram escolhidos pela população e enviados para as plenárias regionais. É nas plenárias regionais (que contam com 11 reuniões) e temáticas (com 7) que são escolhidas as obras e os programas específicos a serem realizados pelo governo.

O Orçamento Participativo é desenvolvido pela Prefeitura de Araraquara por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular. Os horários, datas e locais das plenárias podem sofrer alterações, por isso é indicado que o interessado em participar consulte sempre o site (www.araraquara.sp.gov.br) e as redes sociais da Prefeitura para mais informações.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.