Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres empossa novos membros

0
63
Foto: Tetê Viviani
Atividade realizada na Sala de Reuniões da Prefeitura integrou a programação do Mês da Mulher em Araraquara


Na noite desta segunda-feira (18), a Sala de Reuniões da Prefeitura de Araraquara sediou a solenidade de posse dos novos integrantes do Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres. Composto por membros da sociedade civil e do poder público, o comitê tem o intuito de somar esforços para a elaboração de políticas públicas capazes de enfrentar todas as dimensões da violência contra a mulher.

A secretária de Saúde, Eliana Honain, que representou o prefeito Edinho na solenidade, destacou a importância de se combater a violência contra a mulher. “A sociedade cultiva e fomenta o machismo. Apesar de todos os avanços, nós temos ainda que caminhar muito. Essa atividade de hoje empodera e põe a nossa gestão em um compromisso maior, de debater e trabalhar para que casos como esses não sejam realidade no nosso município de Araraquara. Estamos aqui nesta noite para construir juntos políticas sérias, políticas que tenham um envolvimento e que tenham uma resposta para a sociedade”, analisou.

A vereadora Fabi Virgílio (PT) representou a Câmara Municipal de Araraquara no encontro. “Araraquara se levanta num aceno para o futuro, buscando garantir instrumentos que possam fazer o enfrentamento à violência contra nós mulheres e, assim, fortalecer as políticas públicas que visem à igualdade e também a eliminação da cultura machista na qual estamos atolados”, ressaltou.

O secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Marcelo Mazeta, reforçou a relevância do comitê. “Esse comitê é fundamental e importante porque vai reunir os mais diversos setores das políticas públicas para que todos possam se debruçar em uma mesa, nas reuniões, e assim possam tirar saídas e respostas que vão de encontro às demandas e anseios das mulheres da nossa cidade”, apontou.

A coordenadora de Políticas Públicas para as mulheres, Grasiela Lima, lembrou que, dentro da programação do Mês da Mulher, a Prefeitura lançou uma série de sete programas voltados para as mulheres. “O comitê tem o papel fundamental de auxiliar no fortalecimento das políticas públicas voltadas para o enfrentamento das violências contra as mulheres, pois tem como objetivo elaborar um programa voltado para a prevenção, o combate e o atendimento das mulheres vítimas de violência. Sendo assim, em 2024 teremos mais um programa municipal, o oitavo, que se transformará em um instrumento decisivo no enfrentamento da violência contra as mulheres na nossa cidade”, salientou.

Também marcaram presença na cerimônia a secretária da Educação, Clélia Mara Santos; o secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior; o superintendente do Daae, Delorges Mano; a coordenadora de Direitos Humanos, Renata Fattah; coordenadora executiva de Políticas Educacionais, Márcia Maria da Costa; a coordenadora da Escola de Governo, Celina Garrido; a comandante da Guarda Civil Municipal de Araraquara, Juliana Zaccaro; a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cidinha Silva; o assessor de Políticas LGBTQIA+, Lucas Dias; a gerente da Educação Infantil, Muriane Assis; e a presidente do Conselho do Orçamento Participativo, Sandra Catanzaro.

Mês da Mulher em Araraquara

A atividade integrou o Mês da Mulher em Araraquara, programação que acontece entre os dias 5 e 28 de março com o tema “Mulheres pelo direito à cidade: fortalecendo as políticas públicas, promovendo a igualdade, a segurança e a inclusão”. A programação é desenvolvida pela Prefeitura de Araraquara por meio da Coordenadoria de Políticas para Mulheres, que integra a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Participação Popular.

A programação do Mês da Mulher, totalmente gratuita, apresenta ações em várias frentes: shows, palestras, rodas de conversas, formação, jogos de basquete, ciclo de estudos feministas, exibição de documentário, inauguração da Casa da Mulher Paulista, clube de leitoras, oficina de defesa pessoal – entre outros. Confira as próximas atrações:

Programação em homenagem às mulheres 2024:

Sexta-feira (22/03)

9h – Inauguração da Casa da Mulher Paulista

Local: Rua Hélio Sigoli, 383 – Jardim Adalberto Roxo

19h – Clube de Leitoras “Nossas Vozes” – Desvendando os mistérios de “A Estrutura da Bolha de Sabão’, de Lygia Fagundes Telles

Mediadora: Rebeca Chibeni

Parceria: Nossas Vozes Clube de Leitoras    

Local: CRM – Centro de Referência da Mulher Professora Doutora Heleieth Saffioti (Avenida Espanha, 536 – Centro)

Sábado (23/03)

16h: Oficina de Defesa Pessoal Para Mulheres

Professor: João Gabriel Tomikawa     

Local: CRM – Centro de Referência da Mulher Professora Doutora Heleieth Saffioti (Avenida Espanha, 536 – Centro)

Terça-feira (26/03)

19h: Documentário: “Sob Constante Ameaça” e Roda de Conversa e de Escuta: “Mulheres Pelo Direito à Cidade Segura”

Mediadoras: Grasiela Lima (coordenadora de Políticas para Mulheres); Sálua Kairuz Manoel Poleto (secretária de Desenvolvimento Urbano); Vanessa Souza (especialista em Políticas Públicas de Enfrentamento à Violência; PLP)

Parceria: Secretaria de Desenvolvimento Urbano

Local: Biblioteca Municipal Mário de Andrade (Rua Carlos Gomes, 1729 – Centro)

 Quarta-feira (27/03)

19h: Roda de Conversa e de Escuta “Sobre Elas Por Elas: a cidade que temos e a cidade que queremos” – Mulheres Jovens

Mediadora: Laís de Conti (Gerente – Centro de Referência da Mulher);

Parceria: Coordenadoria de Direitos Humanos/Assessoria de Políticas para a Juventude  

Local: CRM – Centro de Referência da Mulher Professora Doutora Heleieth Saffioti (Avenida Espanha, 536 – Centro)

 

20h – CBI – Basquete Feminino – Sesi Araraquara x BAX Catanduva   

Local: Ginásio do Sesi Araraquara (Av. Octaviano de Arruda Campos, 686, Jardim Floridiana)

 Quinta-feira (28/03)

8h e 13h – Ação Formativa “O Papel da Educação Escolar na Prevenção e no Enfrentamento à Violência Doméstica”

Organizadora: Grasiela Lima (coordenadora de políticas para mulheres)

Parceria: Secretaria Municipal de Educação; Escola de Governo

Local: Secretaria Municipal de Educação (Av. Vicente Jerônimo Freire, 22 – Vila Xavier)

 9h40 e 15h40 – Roda de Conversa e de Escuta “O que o 8 de Março tem a ver com a Juventude?”

Mediadora: Laís de Conti (gerente – Centro de Referência da Mulher); Igor Emidio (assessor de Políticas para a Juventude)

Parceria: Coordenadoria Executiva de Direitos Humanos/Assessoria de Políticas para a Juventude

Local: Centro da Juventude Enide Maria Fernandes de Aguiar Fracasso (Avenida Domingos Francisco de Paula, 395 – Jardim Pinheiros)

 19h – Roda de Conversa e de Escuta “Sobre Elas Por Elas: a cidade que temos e a cidade que queremos” – Mulheres Surdas

Mediadora: Grasiela Lima (coordenadora de políticas públicas para mulheres)

Intérprete: Raquel Nogueira Chediek

Parceria: Coordenadoria de Direitos Humanos/Assessoria de Políticas para Pessoas com Deficiência

Local: CRM – Centro de Referência da Mulher Professora Doutora Heleieth Saffioti (Avenida Espanha, 536 – Centro)


Programação gratuita

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.