Com queda de internações de Covid-19, PS do Melhado volta a ser Unidade de Retaguarda das UPAs

0
65

Sem registrar pacientes internados com Covid-19 desde o último sábado (7), o Centro de Estabilização, antigo Pronto-Socorro do Melhado, não contará mais com a ala destinada a pacientes acometidos pelo coronavírus. A medida foi comemorada pela Secretaria Municipal de Saúde de Araraquara, que vê nela uma vitória em meio à intensa luta para conter a pandemia na cidade.
A secretária da pasta, Eliana Honain, explicou que isso permitirá que o PS do Melhado retome o propósito pelo qual foi reaberto. “O fechamento dessa ala mostra um avanço que estamos tendo no controle da pandemia. Esses leitos não estão sendo necessários para serem utilizados por pacientes de Covid-19 e serão destinados para leitos de outras patologias, cumprindo o papel pelo qual a Unidade do Melhado veio, que é o de ser uma unidade de retaguarda para as UPAs, uma unidade intermediária entre as UPAs e a Santa Casa. É um grande avanço, porque agora, além de cuidar da pandemia, vamos poder também desenvolver outras ações tão necessárias para a população na área da Saúde”, destaca.

REIVINDICAÇÃO DA POPULAÇÃO
A reabertura do Pronto Socorro do Melhado foi uma reivindicação eleita pelo Orçamento Participativo. Fechada em 2012, a unidade teve suas obras viabilizadas por meio de recursos do Ministério da Saúde, que liberou R$ 8 milhões por meio de dois convênios: R$ 4 milhões utilizados para reformas, adequações e ampliações, além da construção dos leitos-dia; outros R$ 4 milhões destinados para a compra de equipamentos para o retorno do centro de diagnóstico, com exames de imagens e laboratório.
A unidade foi reinaugurada em novembro de 2020 com o objetivo de receber todos os casos mais urgentes das UPAs, mas que não necessitassem de internação na Santa Casa, que atende Araraquara e mais 17 cidades da região. (Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta