Câmara pode se mostrar independente

Ninguém defende uma intervenção gratuita no Executivo, mas, existem dúvidas que não convêm à comunidade. Quem vai liderar o movimento de se passar a limpo a administração da cidade?

Na última edição a notícia sobre a mãe que foi buscar socorro hospitalar para seu filho de 7 anos, com febre altíssima, e ganhou um Boletim de Ocorrência da Polícia Militar; ainda do hospital, o contrato com empresa de medicina de Ribeirão Preto que estaria contrariando as normas legais (pode ser melhor a contratação direta de médicos, na construção de um elo interessante com os pacientes); o diretor de compras que teria sido demitido injustamente; assessoria de imprensa jurídica e não física; o incompreensível nepotismo na prefeitura; a propalada operação tapa-buraco antes da abertura dos respectivos envelopes da licitação pública além de outros assuntos, sem se esquecer da reclamação constante de vereadores sobre a dificuldade para se fiscalizar atos do Executivo. Enfim, um conjunto de fatos a motivar uma Comissão Especial de Investigação para esbofetear as irritantes dúvidas. A transparência pode e deve ser exigida, pois, a administração precisa obedecer aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência consoante o Art. 37 da Constituição Federal.

Laudionor Elias Geraldo (Lia)

O presidente da Câmara Municipal, Laudionor Elias Geraldo (Lia), foi lembrado para liderar o mutirão da legalidade e moralidade sabendo-se que o Ministério Público é parceiro em busca da verdade e punição, se for comprovado algum ato ilícito.

Lia, na última sessão apresentou requerimento ao deputado Geraldo Vignoli no sentido de conseguir seis conjuntos de material esportivo para os bairros.

Donizete

O vereador Donizete apresentou indicação à prefeita Neusa Dotoli para determinar limpeza com máquina na praça da Capela N.S. das Graças, bairro Sinhá Prado, além de poste com dois braços de luz. Requerimento para o presidente Lia marcar reunião com o Juiz da 239ª Zona eleitoral visando reabrir o Cartório da cidade. (O presidente ad hoc Augusto Santana Rios salientou a importância desse requerimento). Requerimento à Viação Paraty para criar novas linhas nos bairros Primaveras e Maria Luiza tendo em vista a comunicação com os demais bairros e, outro à Empresa Cruz para aumentar o número de linhas nos bairros citados entre Américo e Araraquara.

Terezinha

Terezinha Viveiros apresentou requerimento para constar dos anais da Casa de Leis as congratulações aos diretores e funcionários do Correio da Região pelo aniversário no último dia 21. São 21 anos de trabalho na divulgação de Américo e da região.

Danil

Indicações assinadas pela vereadora Danil Prada para que a prefeita Neusa crie o Conselho Municipal do Idoso e construa um banheiro no Departamento da Promoção Social.

Trajano

Trajano de Oliveira Filho apresentou votos de congratulações à Polícia Civil e Militar. Em outra matéria solicita do comandante Eudes o serviço da Ronda Escolar também no período noturno.

Claudinei

O vereador Claudinei Rossi Focchi indica à prefeita a construção de uma passagem para veículos para que os moradores do Jardim Planalto possam trafegar com destino ao Luiz Ometto e Vista Alegre.

Requerimento endereçado à arquiteta Andreza Cristina Dotoli solicitando a avaliação das nascentes de Américo.

Chiquinho

O vereador Francisco Neves Junior (Chiquinho) apresenta duas indicações ao Executivo: desentupir bueiro na Rua Grauna com Beija-flor e construir rampas na Uniart (antiga Estação Ferroviária) para atender aos portadores de necessidades especiais.

Zé do Lapas

O vereador José Luiz Torres indica à prefeita Neusa Barata Dotoli determinar a troca de lâmpadas de mercúrio pelas de sódio. Requerimento à Andreza Cristina Dotoli, diretora de Planejamento e Coordenação, para determinar a ligação dos bairros São José e Santa Terezinha pela Alameda Mário Cavalari. De acordo com o mapa e não como está na prática. Requerimento à mesma filha da prefeita para a reforma e pintura do prédio usado pelo Conselho Tutelar. Ainda para que a Andreza mande colocar bancos para reservas, cobertura para representante da Liga e cabines de rádio e televisão no Estádio Joaquim Justo. E, finalmente requerimento à mesma arquiteta Andreza Dótoli para desativar dois banheiros na UBS do Jardim Vista Alegre e construa instalação para arquivos.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ainda não chegamos lá

Trazendo Freud para os dias de hoje: entre Psicanálise, Neurociência e Filosofia

Inverno florido

Home care, os planos de saúde e os direitos do paciente

A polarização política e o atentado a Trump

CATEGORIAS