Chrigor é destaque na programação “Araraquara, Morada do Sol e não do racismo”

0
251

Sambista se apresenta neste domingo (28) no Clube 22 de Agosto

Um dos maiores nomes do pagode romântico dos anos 90, o cantor Chrigor se apresentará em Araraquara neste domingo, dia 28. O espetáculo, que está agendado para às 20h no Clube 22 de Agosto, integra a programação “Araraquara, Morada do Sol e não do racismo”, iniciativa organizada pela Coordenadoria de Políticas Étnico-Raciais, com o objetivo de combater amplamente o racismo estrutural existente, bem como o racismo institucional que ainda ocorre em diversos espaços.
Chrigor foi vocalista do Exaltasamba durante 10 anos e depois seguiu carreira solo. Entre os grandes sucessos interpretados pelo cantor estão canções históricas que embalaram muitos casais apaixonados como “Me apaixonei pela pessoa errada”, “Telegrama”, “Meu jeito de amar é assim”, “Megastar”, “Cartão Postal”, “Desliga e vem”, entre outras.
O show é promovido por parceiros da programação e não pela própria Prefeitura, por isso a entrada será por adesão. As mesas com quatro lugares estão à venda por R$ 30 e os ingressos individuais, já em seu segundo lote, a R$ 40. A compra pode ser feita pelo promoter Jéferson pelo celular/Whatsapp (16) 98198-7108.
A programação “Araraquara, Morada do Sol e não do racismo” é uma iniciativa organizada pela Coordenadoria de Políticas Étnico-Raciais, com o objetivo de combater amplamente o racismo estrutural existente, bem como o racismo institucional que ainda ocorre em diversos espaços.
A coordenadora de Políticas Étnico-Raciais, Alessandra Laurindo, falou sobre a importância do evento. “O show com o Chrigor também vem ao encontro da nossa proposta de fortalecimento aos produtores de eventos na divulgação dos trabalhos, como forma de reconhecimento do período crítico passado no auge da pandemia, onde muitas vezes os músicos tentavam levar a alegria através da arte, porém passando inúmeras necessidades. Unificar as atividades do Novembro Negro em um só cronograma fortalece a cultura e o respeito pela luta negra”, explicou.

A programação

A programação “Araraquara, Morada do Sol e não do racismo” visa, além de despertar para reflexão, envolver a população em geral para uma ação prática e efetiva, seja através do impacto visual, do estímulo à conscientização coletiva, mas principalmente para a valorização da identidade e da cultura afro-brasileira.
A agenda conta com diversas atrações que visam reforçar que a participação de todos é fundamental para que se compreenda que só alcançaremos uma sociedade antirracista a partir do momento que cada um fizer sua parte. Haverá ainda a Audiência Pública na Câmara sobre a Valorização do Samba (3 de dezembro, 14h30) e Dia do Samba – “Aplausos à todos os sambas” (dia 4 de dezembro na praça do Daae).

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta