Bons resultados de 2021 animam taekwondo de Araraquara para 2022

0
99
Foto: Divulgação - Taekwondo da Fundesport se destacou em 2021.

Técnico avalia positivamente desempenho do ano passado e prevê torneios de alto nível para a nova temporada

Por conta da pandemia da Covid-19, o calendário do taekwondo em 2021 contou com apenas três meses. Apesar disso, a equipe da Fundesport, que representa Araraquara nas competições, comemora o bom desempenho na temporada. O grupo é comandado pelo técnico Júlio Cézar Invenzioni Alexandre, que compõe a comissão técnica com Tiago Rafael Ferreira de Nadai Gimenes, que também compete como atleta.
A primeira competição disputada em 2021 foi somente em outubro, quando a equipe se destacou no Super Paulistão, torneio realizado no Ginásio CERET, em São Paulo. Ao todo, a equipe araraquarense faturou seis medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e uma de bronze. Os três atletas de Araraquara que foram para a disputa conquistaram medalhas. Tiago Gimenes levou a prata na categoria adulto peso pesado acima de 87 quilos, além da medalha de bronze no poonsae (sequência de movimentos que simulam uma luta) individual e prata no poonsae duplas. Diego Gabriel Ferreira de Nadai Gimenes, que compete pela categoria juvenil até 59 quilos, obteve a medalha de ouro no poonsae tradicional e a quarta colocação na luta. Fabíola Aretuza Alves, da categoria Master 1 até 67 quilos, conquistou o ouro no poonsae individual, prata no poonsae duplas e quarto lugar na luta.
O bom desempenho fez com que os atletas da equipe se classificassem para o Supercampeonato Brasileiro, que foi realizado entre os dias 24 e 28 de novembro no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. A equipe da Fundesport foi para a competição sob o comando de Tiago Gimenes, que competiu pela categoria peso pesado, porém não obteve medalhas por estar naquele momento em recuperação de um acidente de moto. Além dele, a cidade foi representada por Diego Gimenes, que conquistou a medalha de ouro no no poomse (sequência de movimentos que simulam uma luta) individual na categoria juvenil até 59kg, e Fabíola Alves, que levou o ouro na luta da categoria Master 1 até 67Kg e prata no pomse individual.
O técnico Júlio Invenzioni explica que a paralisação das atividades durante o ano por conta da pandemia não diminuiu a determinação da equipe, que treinou de forma individual e isolada durante o período mais crítico da disseminação da doença para conquistar os objetivos. “Estávamos parados há quase dois anos, mas voltamos e pudemos participar dos dois principais eventos do taekwondo com o apoio da Fundesport. Isso nos coloca em um novo patamar, de estar competindo com os melhores do Brasil”, analisa.
O planejamento de 2022 envolve diversos torneios regionais, estaduais e nacionais, porém uma das metas é a participação de um torneio internacional na Argentina. Existe ainda a expectativa de participar da edição 2023 do Us Open Taekwondo Championship, campeonato mundial sediado nos Estados Unidos
Para Júlio, os resultados do ano passado animam o grupo para o que virá pela frente. “O ano de 2021 serviu de muita motivação para o ano vindouro, onde agregaremos mais atletas à equipe e teremos que intensificar os treinamentos e participar de competições preparatórias visando os Jogos Regionais e competições internacionais, sendo estas as principais competições para a equipe de taekwondo Fundesport”, conclui o treinador.

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta