Boa Esperança dá vida ao Centro Comunitário

Texto: G.Polezze

Numa das tardes desta semana visitamos o Centro Comunitário que mais se parece uma forja de trabalho. Em todas as salas, muita atenção e organização. Até na Casa de Brinquedos por onde passam 200 crianças por dia, com agendamento.

Na informática, jovens com a esperança de aprimoramento para entrar no concorrido mercado de trabalho. No Bazar da Solidariedade algumas senhoras que faziam bordado em fita. Uma produção carinhosa que vai fazer parte do Galpão de Agronegócio (em construção) onde as famílias vão oferecer o que de melhor for cultivado em sua terra. O artesanato como forma de saúde (laborterapia) e melhoria da renda familiar.

Trata-se de um Centro Comunitário voltado às necessidades de hoje, com muito planejamento e apoio de voluntárias, como destaca a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Magali Benassi Ferrari. E, para o sucesso de seu trabalho conta, sempre, com o apoio do prefeito Marelo. É interessante ver uma administração unida para atender ao interesse da comunidade.

Diariamente, mais de 2 mil saquinhos de leite de soja (com sabor) e cerca de 3 mil pães para todos os escolares.

Tem ainda a Padaria Artesanal, a Farmácia Popular, assistência ocular, marcenaria e outros segmentos que vamos registrar proximamente.

Hoje, três setores que dão vida ao Centro Comunitário:

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Agenda Cultural

Boletim Diário número 75 – de 14 de junho de 2024

Edinho assina Ordem de Serviço para reforma e ampliação da USF do Adalberto Roxo

Edição 1605 – de 14 a 18 de junho de 2024

(Editorial) Queimadas urbanas! Reclamações todos os dias

CATEGORIAS