Beneficiários do “Filhos do Sol” conhecem estrutura do almoxarifado central da Prefeitura

0
238
Jovens irão participar do curso de almoxarife oferecido pela Coordenadoria de Direitos Humanos em parceria com o Senai

Na última segunda-feira (25), alguns beneficiários do programa “Filhos do Sol” visitaram o almoxarifado central da Prefeitura com o objetivo de conhecer de perto a estrutura e o funcionamento do espaço, em uma ação preparatória para o curso de almoxarife que será oferecido pela Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular, por meio da Coordenadoria de Direitos Humanos, em parceria com o Senai.

A coordenadora executiva de Suprimentos, Graziela Carolina, valorizou a visita. “Passamos por todos os setores e eles puderam ter um entendimento na prática do curso que irão desenvolver. Em nome de toda a equipe da Coordenadoria de Suprimentos, agradeço muito a visita e acredito que essa experiência soma muito para a formação deles. Tenho aqui conosco um beneficiário do programa trabalhando em horário contrário do curso, um jovem disciplinado e muito comprometido em suas atividades”, relatou.

Quem também avaliou positivamente a visita foi Elizandra Graciele de Souza João, gestora de Projetos. “Fico muito feliz em poder contar com a coordenadora executiva de Suprimentos Graziela Carolina, para apresentar aos nossos jovens todo o funcionamento do almoxarifado, e também feliz por eles iniciarem um curso com essa temática na próxima semana”, apontou.

Com vagas esgotadas, o curso de almoxarife será realizado de 3 a 10 de julho, às quartas, quintas e sextas-feiras, das 13h às 17h, no Centro de Referência LGBTQIA+ (Av. Espanha, 536, Centro).

O “Filhos do Sol”, Programa Municipal de Transferência de Renda, Oferta de Ações Socioeducativas, Qualificação Profissional e Vivência no Mundo do Trabalho a Adolescentes e Jovens em Situação de Extremo Risco Pessoal e Social, é executado e gerido pelas secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e Participação Popular, com o propósito de garantir o direito à renda mínima e a inclusão a adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos de idade e que se encontram em situação de extremo risco pessoal e social. Atualmente, o programa conta com 70 beneficiários. A equipe também contou com uma ampliação de sua equipe técnica, que agora é composta por duas psicólogas e duas assistentes sociais.

 
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.