Basquete da Fundesport/ABA se destaca em Matão

0
111

Araraquara competiu com equipes sub-16 e sub-17 no Festival da Copa Revelar

As equipes de formação da Fundesport/ABA voltaram a entrar em ação no último sábado (30) e fizeram bonito no festival promovido pela Copa Revelar de Basquete. Os times sub-16 e sub-17 de Araraquara atuaram na quadra da Escola Municipal Antônio Carlos Manzini, em Matão, onde venceram seus oponentes da cidade sede e também de São Carlos.
A equipe A da Fundesport/ABA, que nesse torneio contou com o time sub-16, superou a equipe de São Carlos por 33 a 15 e bateu Matão por 22 a 9. Já o time B, representado pelo sub-17, venceu Matão por 28 a 16 e São Carlos por 26 a 13. No confronto direto entre os dois times de Araraquara, o time B levou a melhor por 29 a 21. Cada partida teve a duração de 20 minutos.
André Carrascoza, que compõe a comissão técnica da Fundesport/ABA ao lado de Guilherme Camargo e do preparador físico Matheus Paulillo, falou sobre o momento de evolução das equipes. “O intuito era fazer os times rodarem e colocarmos os meninos para jogar. A molecada está se reencontrando, após dois anos praticamente sem jogar, sem fazer atividades de contato. Então para eles está sendo uma experiência de se reencontrar, de voltar à competição”, explicou.
O treinador mencionou também o caso de atletas que tiveram uma perda relativa de preparação por conta da pandemia e que agora correm contra o tempo para atingir o nível ideal. “Temos o caso de meninos que chegaram para treinar nas Escolinhas de Esportes com 14, 15 anos e até menos. E esses meninos ficaram dois anos sem evoluir, treinaram apenas nas partes específicas de fundamentos nas Escolinhas, mas dentro daquele momento em que tudo se fechava e depois voltava. Então temos hoje meninos de 17 anos que nunca jogaram basquete e estão no sub-17, por exemplo. Esses meninos estão hoje aprendendo tudo ao mesmo tempo. Eles estão vivenciando o esporte na marra e estamos usando dois meses como se fosse um ano inteiro”, acrescentou André.
Mesmo com um calendário apertado e com pouco tempo de treino que a equipe tem atualmente, o técnico se mostra satisfeito e confiante com o trabalho. “Estamos felizes pelo trabalho desenvolvido pela comissão técnica e esperamos chegar lá no fim do campeonato com um nível um pouquinho melhor de competitividade porque as equipes parecem que estavam treinando há mais tempo que nós. Acho que aqui em Araraquara demoramos muito para entrar em competição de categorias de base, mas isso também faz parte. O trabalho visa começar este ano para entrar durante o ano que vem já fazendo o trabalho mais corretamente, durante o tempo certo para desenvolvermos todo o processo de planejamento das equipes”, concluiu André Carrascoza.
As equipes A e B da Fundesport voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, às 20 horas, no Ginásio da Pista, em Araraquara, pela Liga Regional Sub-17.

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

 

Deixe uma resposta