Base feminina da Ferroviária disputa dez competições

0
307
Foto: Tiago Pavini/Ferroviária SA
Ao final de 2022, as várias categorias da Locomotiva serão as únicas no estado de São Paulo em todas as disputas

Como uma das primeiras equipes de futebol feminino do Brasil, a Ferroviária é a única equipe do estado de São Paulo a disputar competições em todas as categorias de base em 2022, de acordo com o site do clube.

Somente no primeiro semestre, as Guerreirinhas Grenás já participaram do Campeonato Brasileiro Sub-20 e Sub-17, além da  Conmebol Fiesta Evolución Sub-16 (também chamada “Libertadores da América”), da qual sagraram-se campeãs, em junho, no Paraguai.

Ainda nesta temporada, a base da Locomotiva disputará o Campeonato Paulista Sub-15, Sub-17 e Sub-20, o Festival da Federação Paulista de Futebol Sub-14, a Liga de Desenvolvimento Sub-16 e a Copa Nike Sub-17.

Também deve disputar a Disney Cup, em Orlando-EUA, cuja vaga foi assegurada após a conquista da “Libertadores sub-16”, e a Liga de Desenvolvimento Sub-14, dependendo da definição do regulamento.

Para a coordenadora do futebol feminino da Ferroviária, Nuéli Silveira, a presença grená em todas as competições de base é essencial para o êxito da equipe principal.

“Ter nossas atletas disputando o maior número possível de partidas é de suma importância para o desenvolvimento delas durante o processo de formação”, explica.

Ainda segundo Nuéli, as competições são importantes porque oferecem as sensações que somente uma partida oficial de futebol pode proporcionar.

“Isso faz com que a Ferroviária continue olhando para o futuro, com um trabalho a longo prazo, já sabendo que terá atletas preparadas quando chegarem à categoria profissional”, acrescenta.

Suporte

Nuéli Silveira também enaltece a direção do clube pelo suporte e respaldo ao futebol feminino das Guerreiras Grenás a partir da base, que permite a participação nas mais diversas competições.

Apesar de não ser o clube com maior investimento no futebol feminino, a Ferroviária segue competitiva graças à estrutura, ao planejamento e aos seus profissionais qualificados, ainda segundo Nuéli.

Por conta de todos esses fatores, a Ferroviária conta hoje com atletas convocadas para as seleções principais do Brasil e do Paraguai, respectivamente, a goleira Luciana e a atacante Fauny Gauto, para as disputas da Copa América Feminina, agora em julho, no Chile.

Também tem duas atletas na Seleção Brasileira Sub-20, a goleira Yanne e a atacante Aline Gomes, ambas em período de preparação para futuras competições.

E mais: em abril, Yanne foi campeã sul-americana no Chile com a Seleção Brasileira Sub-20. Em março, Aline Gomes, a goleira Leilane, a lateral-esquerda Yasmin, a zagueira Ana Grazyelle e as também atacantes Rhaissa e Nathalia Vendito conquistaram o tetra sul-americano na Colômbia, com a Seleção Sub-17.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.