Bancos fazem mutirão para negociação de dívidas

0
147
Foto: Internet

Clientes que possuem dívidas contraídas no cartão de crédito, cheque especial, crédito consignado ou outras modalidades de crédito terão, neste mês de março, uma grande oportunidade para negociarem suas dívidas com as instituições financeiras. Bancos de todo o Brasil estão participando, até o dia 31, do Mutirão Nacional de Negociação de Dívidas e Orientação Financeira, organizado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com o Banco Central, Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e Procons.

De acordo com Daisy Ribeiro, coordenadora de Relações com Órgãos de Defesa do Consumidor do Banco Mercantil do Brasil, durante este período estão sendo ofertados juros mais baixos, parcelamentos e descontos para que a população consiga se reestruturar financeiramente e quitar com mais tranquilidade os compromissos firmados. “Esta é uma oportunidade única. São mais de 160 instituições financeiras participantes do mutirão, oferecendo condições especiais para que os consumidores regularizem a situação e saiam do vermelho. Ter o nome limpo é fundamental para quem precisa e quer voltar a consumir”, destaca Daisy.

Segundo a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), cerca de 27% dos lares brasileiros estão endividados e 10,5% não têm condições de pagar suas contas em atraso.

Na maioria dos bancos, as negociações das dívidas podem ser feitas online por meio de uma parceria com a plataforma ConsumidorGovBr (consumidor.gov.br). As instituições bancárias têm um período de dez dias para analisar os pedidos feitos pelos consumidores e apresentarem uma proposta.

O Banco Mercantil do Brasil é o 5º maior pagador de aposentados e pensionistas do INSS do país, estando presente em oito estados brasileiros com mais de 250 pontos de atendimento. Um de seus principais produtos é o crédito consignado, modalidade que confere maior garantia e segurança às operações. Somente em 2021, foram mais de R$ 5,7 bilhões de empréstimos consignados contratados. (Carla Fialho – Analista de Comunicação – www.ehup.com.br)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.