Ato marca assinatura de contrato de concessão da Área Azul Digital e lançamento de novo aplicativo 

0
387

Foi apresentado o novo app Zul+, que amplia opções de pagamento e ativação; usuários também contam com pontos de venda credenciados

A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, realizou nesta quarta-feira (7), na Sala de Reuniões do 6º andar do Paço Municipal, o ato de assinatura do novo contrato de concessão com a Estapar, empresa responsável pela operação do estacionamento rotativo de Araraquara, denominado Área Azul Digital, e lançamento oficial do aplicativo Zul+, nova plataforma da empresa.

A concessionária venceu o processo licitatório e iniciou no último dia 20 de maio o novo contrato, operando atualmente um total de 1.162 vagas. Também nesta mesma data, começou a funcionar o novo aplicativo da Estapar para pagamento da Área Azul Digital, denominado o Zul+.

Durante o ato, o prefeito Edinho cumprimentou os presentes, entre eles funcionárias e funcionários da Estapar, destacou o objetivo do estacionamento rotativo e o caráter social da parte que é destinada à Prefeitura da arrecadação da Área Azul.

“O bom é que constatamos o quanto o sistema evoluiu, desde a instalação dos primeiros parquímetros que, na época, trouxe muita polêmica. O sistema de Área Azul anterior aos parquímetros não atendia o objetivo de garantir estacionamento rotativo e democrático. E com o parquímetro, isso acabou. Também recordo aqui que uma das minhas primeiras polêmicas como vereador foi justamente por conta da Área Azul, em defesa das meninas que trabalhavam sem nenhum direito trabalhista, ligadas à Guardinha Feminina, que existia na época. Lutamos e conseguimos que elas fossem vinculadas à Associação Comercial; a partir daí, conquistaram direitos trabalhistas”, relembrou o prefeito. “Vocês que trabalham hoje com a Área Azul Digital precisam conhecer o programa Filhos do Sol, que cuida dos adolescentes da cidade que mais precisam. A arrecadação do sistema que cabe à Prefeitura é destinada a esse programa, cumprindo o caráter social do sistema de Área Azul implantado no nosso município”, concluiu.

O diretor de Relações Institucionais e Novos Negócios da Estapar, Adelcio Antonini, também falou aos presentes, detalhou o novo contrato assinado e apresentou o novo aplicativo Zul+. “É uma nova fase que está sendo implantada, com um novo aplicativo, simples, mas com novas funcionalidades. Não é só um espaço para estacionar, o sistema promove a mobilidade urbana e a solidariedade”, disse.

O diretor também informou que a concessionária já realizou a revitalização de toda sinalização horizontal das vias onde a Área Azul está presente.

Segundo apresentou Antonini, com o aplicativo Zul+, que também funciona em outras cidades do interior paulista e mineiro que possuem seus estacionamentos rotativos administrados pela Estapar, o usuário passou a contar com novas opções de pagamento e ativação da Área Azul Digital, incluindo PIX, cartões de débito e crédito, boleto, Google e Apple Pay. Além disso, podem contar com pontos de venda credenciados do comércio local espalhados pela cidade.

Nilson Carneiro, secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, também relembrou o início da implantação do sistema de Área Azul na cidade, em 2001, no primeiro mandato do prefeito Edinho, seguindo modelo de outros poucos municípios que já haviam adotado o estacionamento rotativo. Ele defendeu que o sistema democratiza a ocupação de vagas ao longo do dia, impactando positivamente na mobilidade urbana.

A Estapar está presente em 77 cidades de 17 Estados brasileiros, além do Distrito Federal. A Estapar administra ao todo mais de 400 mil vagas em aproximadamente 700 estacionamentos.

Período de transição

A compra de créditos no atual aplicativo Vaga Inteligente foi permitida até o dia 20 de maio. Após essa data, os usuários só conseguem ativar a Área Azul com o saldo disponível na carteira – ou, por meio do app Zul+, que já está disponível para download e substituirá em definitivo o Vaga Inteligente a partir de 5 de julho.

Ao longo desse período, todos os usuários deverão migrar para o novo aplicativo e, por meio dele, utilizar a Área Azul.

Os usuários que ainda possuírem saldo na carteira do Vaga Inteligente poderão pedir o reembolso pelo próprio aplicativo. Para isso, basta acessar o app e clicar no menu lateral – Outros Serviços – Entre em Contato. Após o preenchimento dos dados solicitados, o cliente será direcionado para um chat online onde deverá assegurar o reembolso dos créditos.

Prazos e critérios

A exemplo do que já ocorria, os usuários têm acesso a vagas de estacionamento rotativo pago por até duas horas (Área Azul) em uma mesma vaga. Já as vagas para motonetas e motocicletas são gratuitas dentro das áreas demarcadas para esse tipo de veículo. Também são disponibilizadas vagas de estacionamento de curta duração (Zonas Brancas) em partes de vias em frente a hospitais, prontos-socorros, farmácias, correios e demais áreas sinalizadas para estacionamento gratuito, com uso obrigatório do “pisca alerta”, ativado no período de até 15 minutos.

Além das inovações quanto aos meios de pagamento e tecnologias presentes no novo contrato, a concessionária continuará operando os 54 parquímetros, já presentes nas ruas, que aceitam moedas e cartão recarregável.

Os custos das tarifas definidas por tempo de uso do estacionamento rotativo são os mesmos, seguindo os termos do contrato assinado, conforme consta na tabela abaixo:

TARIFAS:
30 minutos – R$ 1,50

60 minutos – R$ 3,00

90 minutos – R$ 3,75

120 minutos – R$ 4,50

Tarifa de Pós-Utilização I: Até 2h – R$ 7,50

Tarifa de Pós-Utilização II: Até 18h do próximo dia útil – R$ 15,00

O horário de funcionamento do estacionamento rotativo continuará de segunda a sexta-feira, das 09 às 17h45 horas, e aos sábados, das 09 às 13 horas.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.