Atendimento psicológico gratuito do Centro Afro é tema do “Canal Direto com a Prefeitura”

0
79
Foto: Pedro Junqueira - Canal Direto com a Prefeitura contou com a participação de Carlos Velloso e Natalia Ulisses.
Psicólogos Carlos Velloso e Natália Ulisses falaram sobre o serviço que é oferecido de forma individual e personalizada

A Prefeitura de Araraquara, através do Centro de Referência Afro “Mestre Jorge”, passa a oferecer mais uma etapa do Ciclo da Terapia de Resultados Breves, em uma parceria que conta com o apoio voluntário de psicólogos profissionais. O “Canal Direto com a Prefeitura”, programa produzido pela Secretaria Municipal de Comunicação, trouxe detalhes desse projeto na edição desta quinta-feira (29)

Os profissionais envolvidos são: Carlos Renan Velloso de Andrade, com formação em psicologia pela Universidade Paulista Unip Araraquara, especialista em gestão de pessoas, trabalha como psicólogo clínico e atua com intervenções breves, plantão psicológico, práticas sociais e orientação profissional; e Luís Augusto Maino, formado em psicólogo pela Universidade Paulista Unip Araraquara, trabalha como psicólogo clínico na abordagem comportamental e atua com intervenções breves, plantão psicológico e práticas sociais. Outro serviço já oferecido no espaço é o atendimento psicológico para vítimas de injúria racial, discriminação e racismo, com a profissional Natália Ulisses, que atende todos os dias na unidade as vítimas que passam pelo programa SOS Racismo.

Carlos Velloso e Natália Ulisses foram os entrevistados do programa e destacaram que o atendimento é gratuito, individual e personalizado. São realizados na modalidade remoto ou presencial, estimulando os interessados a se conectarem com suas raízes enquanto investem no crescimento pessoal da pessoa atendida. “Para ter acesso ao serviço, as pessoas entram em contato com o Centro de Referência Afro, fazem a inscrição e a partir dos horários que elas têm disponíveis para ser atendida, nós fazemos a distribuição entre os três psicólogos que participam do projeto”, revelou Carlos.

Natalia Ulisses comentou sobre sua atuação, que é realizada especificamente nos casos de racismo. “O Centro Afro tem um programa que é o SOS Racismo, que tem um número de disque-denúncia. A pessoa faz o contato, marca um horário, nós fazemos o acolhimento, passamos a orientação jurídica e também orientamos sobre a importância do atendimento psicológico. A partir desse acolhimento, nós também fazemos os agendamentos conforme a demanda da pessoa”, explicou a psicóloga.

Ela mencionou ainda alguns desafios que surgem ao lidar com as vítimas de racismo. “Eu noto que algumas pessoas acabam nem notando que sofreram racismo. Elas não passaram por aquela situação apenas uma vez, mas várias vezes, e com isso demorou para conseguir fazer a denúncia. E o racismo adoece. Quanto mais tempo a pessoa está passando por aquela situação, ela vai precisar de um acompanhamento psicológico maior. É muito importante denunciar porque racismo é crime, tem que ser feito denúncia e fazer essa busca por atendimento psicológico”, acrescentou.

O projeto oferece um ambiente dedicado à promoção da saúde mental, com profissionais capacitados que proporcionarão suporte para explorar questões emocionais. Ao buscar o acolhimento na terapia, a pessoa é conectada diretamente com psicólogos particulares, garantindo um suporte personalizado. “O projeto existe desde 2022 e sempre seguimos as normas de ética da profissão de psicologia, ou seja, ninguém tem acesso ao que é falado ali. Muitas vezes a pessoa pensa que vai passar pela coordenação, mas não. Fica com a gente e é feito em um ambiente sigiloso, onde ninguém entra, tem isolamento acústico, a pessoa pode ir com tranquilidade e segurança porque tudo o que for abordado ali vai ser acolhido e sigilosamente guardado”, pontuou Carlos.

As pessoas interessadas em participar podem entrar em contato pelo WhatsApp (16) 99626-9466 e pelo telefone (16) 3322-8316. O Centro de Referência Afro “Mestre Jorge” fica na Avenida Mauá, 377, Centro. O contato também pode ser feito pelo Facebook e Instagram, que leva o nome “Amigos do Centro Afro”.

 
Ao vivo
 
O “Canal Direto com a Prefeitura” vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 12h30, ao vivo na página da Prefeitura no Instagram. A íntegra dos programas fica disponível para visualização no próprio Instagram, no Facebook e em outras plataformas digitais, incluindo o formato de podcasts.
 
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.